O circo

Uma amiga minha não suporta a cunhada, que trabalha numa joalheria e se comporta como se dona fosse. Quando o Cirque du Soleil veio para Curitiba, essa minha amiga foi uma das que comprou um lugares excelentes, de quatrocentos reais cada. Diz ela que todas as suas alunas peruas iam, e que alguém com o perfil dela – forte ligação com a dança, profissional qualificada – não pode se furtar a certos eventos. Chegou na reunião de família confiante.

(cunhada para casal) Vocês vão na apresentação do Circo de Soleil?
(amiga) Claro, já compramos os ingressos. Sentaremos no meio, bem colados no palco.
(cunhada) Eu também sentarei no meio. Mas eu vou na estréia.

Minha amiga ficou morrendo de ódio, sem resposta. A minha teria sido algo como:

É mesmo? E quantas horas você ficou na fila pra isso?

Mas ela não podia responder isso porque também ficou horas na fila. Porque também acha assistir a estréia mais mais do que assistir depois. Porque também acha que quando o Circo de Soleil vem pro Brasil…

Versus

Eu acho injusto achar que a diferença entre pessoas que gostam de gatos x cachorros é tão grande assim. Afinal, ambos gostam de animais de estimação, se comovem com filhotinhos e têm um motivo a mais pra se preocuparem se ficam muito tempo longe de casa. Pior ainda é a diferença entre baladeiros x caseiros, sendo que o primeiro se sente o último dos mortais se ficar em casa numa sexta à noite, enquanto o segundo se cansa só de pensar em estar fora de casa de madrugada. Irreconciliável também é a diferença entre naturais/ fitness x bons de garfo. Os fãs de uma boa comida não tem pudores em comer uma boa batata frita, só pra começar; os naturais/ fitness vão implicar porque é fritura, porque é batata, porque é está tarde.

Imaginem quantas vezes eu levei casacos à toa até descobrir que faço parte do time dos calorentos e minha mãe dos friorentos. Com minha família, aprendi a fazer parte dos que adoram filmes cult; o Luiz – que é dos filmes hollywoodianos – já passou muita raiva ao meu lado até deixar de confiar de uma vez nas minhas indicações. E foi com o Luiz que descobri que não existe apenas a diferença entre solteiros x casados. Casais com filhos não se misturam com casais sem filhos. Tudo por causa dos com filhos, que não podem mais sair e têm assuntos que os sem filhos não alcançam.

E as diferenças no universo feminino? São tão diferentes as pele à mostra x pele coberta, acessórios dourados x acessórios prateados, prendadas x não-prendadas que não, não há meio termo. Um embate famoso é mulheres de cabelos curtos x mulheres de cabelos compridos*, e nem vou descrever porque vocês vão dizer que estou puxando a sardinha pro meu lado. Basta informar que cada vez que vejo notícia de uma crente que teve seu cabelo roubado, eu tenho certeza que ela nunca mais vai deixaro cabelo crescer tanto…

* a versão masculina é dos homens que gostam de mulheres de cabelos curtos x homens que não gostam de mulheres de cabelos curtos. Nosso amigo, Ricardo, já disse que faz parte do segundo time.