Balança desregulada

No post passado eu levei tanto tempo construindo o argumento astrológico que depois não consegui chegar no que eu queria dizer, que é a questão da tomada de decisões. Todos nós, de certa forma, somos como balanças desreguladas e o grande tchans da maturidade é conhecer esses limites e saber lidar com eles. Podemos chegar […]

Quando eu comecei a dançar…

… aquilo pra mim era tão forte, como um chamado, que a vida universitária se tornou imediatamente insuportável. Havia nascido e me criado ali, e de repente ficar sentado tempo demais incomodava, aquele amontoado de citações não fazia sentido, ler dava preguiça. Dei as costas a um lugar onde sabia exatamente como me mover e […]

Curtas de amigos ou não

O cara que vendia os kits no ônibus enfatizou tanto que ele entrou no mundo das drogas fumando cigarro comum com os amigos quando era jovem, depois eles experimentaram maconha, e havia também a balada com música eletrônica e drogas pra ficar doidão e acordado, que eu concluí que o segredo de não entrar para […]

A lavanderia

Você já tentou, sozinho, gerar lucro? Eu já. Ao invés de ir de táxi e incluir nos custos, eu fazia tudo de ônibus. Quase duas horas só de ida. No começo eu sentia sede e comprava alguma coisa, depois passei a levar garrafa d´água. Eu percebi que fazia péssimas escolhas com fome e pressa de […]

Aquele 1%

Eu topei fazer um bico que parecia muito simples e rápido, e quando percebi tomou minha semana. Teoricamente, eram apenas duas horas e meia. Mas todos os lugares eram longe e geralmente eu levava uma hora dentro dos ônibus. Coloque aí a cada dia era um lugar novo e dava trabalho descobrir como chegar, que […]

Curtas levinhos

Vi um vestido num site e gostei. Adorei o modelo, a cor, as bolinhas, a descrição do tamanho era perfeita, os detalhes, as opções de cores. Fui olhar a avaliação dos clientes e tinha inúmeros depoimentos, com fotos, todas garantiam que o vestido é bonito mesmo e cai bem. Mas um dos elogios me fez […]

Curtas ansiosos e fora do lugar

Passarei uma semana acordando 4:30. É exagerado e não é. É pra dar tempo de tomar banho, café tão cedo eu não consigo, andar tranquilamente, pegar os ônibus que mesmo atrasados meu levarão aonde eu preciso. Se tudo atrasar, ainda chego no horário. Quando chegar meia hora mais cedo e esperar pelos outros, é provável […]

Láááááá longe

Eu arranjei um bico que vai me obrigar a ir em escolas estaduais durante alguns dias. As coisas não foram da maneira como deveriam. Sabe quando o atrapalho vem desde cima e vai fazendo um efeito dominó e quem está embaixo é que sente mais o impacto? Bem assim. Como pessoa extremamente organizada, correta e […]

Super mapa

Eu já me perdi de maneiras tão espetaculares que me dá vergonha. Desde sair de um prédio e ter a opção direita e esquerda, e optar pelo 50% errado a levar um papel com o endereço anotado, depois de ter visto no mapa, dizerem que eram alguns metros – e parar quase em outro bairro. […]

Feito à mão

“Fala galera, preciso que vocês encontre o amor da minha vida que a vi ontem por volta das 22:30, subiu em Joana Bezerra e desceu na Estação Tancredo Neves. Me ajudem!” – aí tem a foto de uma moça dentro do ônibus sem olhar para a câmera. É uma postagem do perfil “Te vi no […]

Simprona

Eu esqueço que as pessoas me acham pobre. Claro, não estou dizendo pobre de verdade, pobre base da piramide. Porque se me vissem assim, seria como se o meu CO2 contaminasse o ar, como se o meu toque sujasse e minha voz fosse insuportável, de modo que eu seria uma presença tão destacada e perniciosa […]

Você não é Kardashian

Eu percebi que as grandes impaciências e infelicidades na vida são porque cremos que merecemos de tudo. Por isso, vivo repetindo pra mim mesma: você não é uma Kardashian, a vida não tem obrigação de te dar nada. É como se tivéssemos uma cartela de bingo imaginária: carreira – amor – dinheiro – viagem à […]

Curtido

-Você é professora? -Não. -Você tem cara de professora. -É a idade. Estou velha. Vê se alguém com dezesseis anos vai ter cara de professor. Todos nós ficamos com cara de professor com o tempo. -Professora jovem. Eu que tenho cara de acabado. É que quando eu tinha meus quinze anos, quinze até os dezenove, […]

Constante

Agora a cada parada de ônibus tem alguém para “interromper o silêncio da viagem de vocês”. No meu supermercado a segurança não dá conta de tirar todos os mendigos do caminho, então sempre tem algum, em uma das saídas, para causar incômodo com sua falta de banho, roupas rasgadas e falando de fome. O mesmo […]