Os humores dos deuses

mó fita

Da série de coisas que se tornam óbvias depois que alguém nos fala: um dos astrólogos crush que eu sigo disse que, quando tudo vai bem, acreditamos que os deuses estão felizes conosco; quando tudo vai mal, achamos que os deuses estão nos punindo. Não é assim. O fazer certo e errado nem sempre coincidem com o que estamos passando. Pra citar um exemplo muito simples, pense numa pessoa apaixonada. Acontece muito: o indivíduo se apaixona de um jeito que descuida de tudo. A paixão pode levar uma pessoa a abandonar seu grupo de amigos, acabar com suas economias, se descuidar do trabalho, enfim, estragar todos os outros setores da vida porque tem olhos apenas para uma pessoa. Dá para esperar de camarote e ver que todas as coisas que foram deixadas de lado vão cobrar um preço depois que a paixão acabar – nem estou dizendo que o casal precisa se separar, paixões são estados exigente que não duram anos. Mas para ele, naquele momento, a vida é a mais feliz possível. A medida dos deuses não é a nossa, os deuses são imperscrutáveis.

Anúncios