Simplificação

simplificar

Eu mandei minha dissertação pra editora da UFPR assim que apresentei. Foi sugestão da banca, eu tirei 10 e escreveram “a banca recomenda fortemente a publicação”. Mandei, esqueci o assunto e depois de quase um ano me chamaram. Não sabiam direito o que fazer, eu tinha que dar uma olhada numa coisa. Eles mandaram a dissertação para três avaliadores. Dois deles escreveram avaliações positivas e a terceira tinha várias páginas e deve ser de alguém que me odeia muito. Ela implicava com coisas incríveis, me acusou por exemplo de usar demais a expressão “esta dissertação”. Realizei uma busca no word e tinha três ocorrências. Daria vários posts o que estava escrito lá e tive que apelar para o meu próprio departamento, porque algumas coisas eram tão injustas que atingia mais do que a mim. Uma das críticas também dizia mais ou menos assim: ela explica conceitos complexos com simplicidade, logo se vê que não domina o assunto.

E não é que nisso a pessoa acertou? Acho que uma das minhas características é transformar ideias complexas em conceitos mais acessíveis.

Como você é meu leitor, deve ter ficado com raiva da pessoa e tal. Posso dizer também que já li que uma das maneiras de testar domínio do assunto é pedir para explicar em poucas palavras. Mas, ao mesmo, quem sabe, pensando bem, eu tenho carregado a fama de burrinha-porque-simples e nem tinha me dado conta.

Anúncios