Metáfora do sapo

Eu jurava que já havia citado isso por aqui. Não sei se a história é verdadeira, eu não teria coragem de pegar um sapo pra testar. Mas como metáfora é excelente:
Se você pega um sapo e joga ele numa panela com água quente, ele pula pra fora rapidinho. Mas, se ao invés de jogar o sapo direto na água quente, você o coloca na água fria e coloca essa panela no fogo, ele morre lá dentro. A temperatura subirá gradualmente a o sapo se acostumará a ela. Quando perceber – se é que percebe – já é tarde demais, o sapo já cozinhou lá dentro.
Essa metáfora é muito boa para entender como funcionamos em muitas situações. Quantas coisas que se nos dissessem que faríamos, responderíamos na hora: Eu? Nunca, eu jamais aceitaria um absurdo desses. Só que entramos na situação de mansinho, ajustando dali e cedendo acolá, e quando nos damos conta… já estamos fervidos dentro d´água.