Desvantagens de morar em Curitiba

Eu já falei de curitibanidades e programas legais pra se fazer aqui e até onde mijar. Como nem tudo são flores, achei que seria bom também o lado ruim de Curitiba- o que explica porque esta cidade possui dedos gelados.

1. Curitibanos

Para muitos, esse é O Motivo. Tem gente que acha que as qualidades da cidade não compensam o problema de ter que lidar com curitibanos o tempo todo. Esse problema é especialmente grave com nordestinos: primeiro, porque o sotaque nordestino atrai muito preconceito aqui. Segundo, porque o jeitão frio dos curitibanos é mais chocante pra pessoas que vieram de lugares acolhedores. Curitibanos têm cisma com nordestinos, negros, cariocas, paulistas… reza a lenda que eles só gostam de curitibanos mesmo. Pero no mucho.

Que dizer? É verdade sim, os curitibanos são antipáticos. Você pode passar anos encontrando alguém todos os dias, e ele conseguir te ignorar todo esse tempo. Você faz uma pergunta e as pessoas não têm o menor pudor de te deixar no vazio. Eles conseguem ser polidos e até mesmo sorrir de uma maneira tão nojenta que dá de vontade de socá-los. Curitibanos julgam pelas aparências e até por sobrenomes. Dava pra colocar uma infinidade de desvantagens só pra falar disso, então vamos adiante.

2. Clima

É outro motivo que afasta muita gente. Não faz mais aquele frio da minha infância, com semanas e semanas se arrastando pela casa enrolado no cobertor. Mas, mesmo assim, dá pra fazer sofrer aqueles que não estão acostumados. Hesitar em ir no banheiro por causa da água gelada ao lavar a mão, levar o aquecedor de um lado pro outro como um cachorro, dormir com pilhas de cobertas, falar fazendo fumacinha… essas coisas diminuiram mas ainda acontecem. Além do mais, é típico ter rinite, porque a cidade é muito úmida.

A grande variação climática é uma coisa inacreditável. Na maior parte do tempo, a gente vê a previsão do tempo à toda – basta chutar algo entre 5 e 25 graus. E tome sair cheio de casaco de manhãzinha, carregar tudo na mão ao meio dia e vestir tudo de novo no fim da tarde.

3. Motoristas

O trânsito de Curitiba tem ficado cada dia pior. Cada dia mais engarrafado e pegar ônibus não é tão legalzinho quanto a publicidade diz. Mas não é disso que quero falar, e sim da má educação dos motoristas. Pessoas que moraram em outras cidades garantem: o curitibano é o pior motorista do Brasil. Dirigir aqui é muito estressante. Não posso falar direito sobre o assunto porque eu não dirijo. Aqui ninguém gosta de deixar os outros passarem, o que dificulta e muito a civilidade. Seta na hora de virar? Não precisa – quem está atravessando a rua sai correndo e quem está atrás vai acabar notando.
Nem Hitler aguenta o trânsito curitibano!

4. Pobreza cultural

Já ouviu falar daquele escultor curitibano, o…? Ou do melhor grupo de dança curitibano, o…, o…? Não ouviu, né? Porque não tem. Pra algum artista conseguir se projetar, tem que sair de Curitiba. Todos os grandes aqui não são ninguém fora do Estado. E olha que pra ser grande aqui é dificil, por causa das impenetráveis panelinhas. Deve ser algo como Academia Brasileira de Letras, que só aceita membros novos quando alguém morre. Em certas áreas não há a menor renovação. Isso sem falar que o Paraná não possui uma identidade cultural. O máximo que conseguimos projetar é a nossa fama de antipáticos.

Do ponto de vista de quem consome a cultura, também há muito o que melhorar. Pra ver certas coisas, só indo pro eixo Rio-São Paulo mesmo. Ao fecharem a Pedreira, tiraram Curitiba da rota dos grandes shows internacionais. A vida noturna aqui, de acordo com o Saint, é bem fraquinha também. Nem um jornal regional decente a gente tem. A diagramação do nosso maior jornal – Gazeta do Povo – é um sofrimento visual. Algumas coisas tão atrasadas que não tem justificativa.
Tem outras coisas que eu considero ruins: ausência de ciclovias numa cidade que se diz capital ecológica, a dificuldade geográfica em sair daqui (só pra ir de carro pra Santa Catarina e São Paulo – Capital), dificuldades em deixar de ser solteiro(a), dentre outros. Mas nada muito grave, nada que merecesse mais um item. Como meu objetivo inicial era descrever 5 desvantagens, podemos dizer Curitiba saiu ganhando e têm mais vantagens do que desvantagens.
Anúncios

163 comentários sobre “Desvantagens de morar em Curitiba

  1. Fecharam a Pedreira? O___o
    Que triste! Tinha esperança de um dia ir em algum show lá…

    P.S. Na minha passagem por Curitiba, as pessoas mais interessantes que encontrei realmente não era curitibanos, com excessão do Alê e Julia – e a Dúnia (já que ela pensa que é gente, coloquei-a nessa lista).

    Nunca esquecerei o italiano amando da Darlene, que apelidamos de Fellini.

    Curtir

  2. entonces faz muito sentido a sílaba com a qual começa o nome da cidade, assim como de seus habitantes tb.. :/

    ps- sou motorista nessa terra, mas sou bem educadinha, viu??? rsrs

    Curtir

  3. Concordo com tudo, menos com algumas ciosas que você disse sobre o clima. Vim sobretudo pelo frio. Mas a ampla variação realmente é uma merda. Melhor se fosse sempre frio.
    Mas eu, de qualquer forma, tô indo embora. 🙂

    Curtir

  4. <>Curitibanos julgam pelas aparências e até por sobrenomes.<>Paranaenses de um modo geral são assim. E, garanto, em Cascavel é UM MILHÃO DE VEZES pior. Sim, 16 dias aqui já me RElembraram que será F-O-D-A.

    <>levar o aquecedor de um lado pro outro como um cachorro<>Eu já tive que ligar o aquecedor em cima da cama e ficar passando o ar quente nela pra DAR CORÁÁÁGE de deitar.

    <>Seta na hora de virar? Não precisa – quem está atravessando a rua sai correndo e quem está atrás vai acabar notando.<>Já cheguei a pensar que os curitibanos achavam que seta era opcional e não item de série. Você sabe como me estresso aí, da minha recusa de dirigir em 5h da tarde e 8h da noite… Da minha vontade de comprar uma metralhadora e sair no melhor Dia de Fúria Style e matar TUDO que faça barbeiragens… E vou parar, pelo bem da minha integridade física.

    <>Pobreza Cultural<>O mais incrível é que, além de famosa pelo blablablá ecológico e o sistema de transporte (recomendo aos que ainda acham isso uma maravilha do mundo mUderno curitiboca, pegar o Inter 2 entre 6 e 9 da manhã ou entre às 18h e 19h30) Curitiba também é conhecida pela enooorme opção cultural. Tirando cinemas que agora praticam preços realmente acessíveis, o restante fica restrito a uma elite que pode pagar 200 reais pelo ingresso mais barato de um show. Ok, eu paguei muito mais pelo de Madonna. Mas isso só vai acontecer mais uma vez daqui, sei lá, 15 anos?

    Enfim. Eu A-M-O Curitiba. Tenho mais amigos aí do que em Cascavel, por exemplo. Minha casa é aí. Mas, às vezes, o matreiro vento norte sopra e precisamos ver pra onde ele nos leva. Espero que o meu me empurre mais pra cima. =)

    Curtir

  5. Você devia vir morar aqui em Jaraguá do Sul comigo. Só pra situar, fica em SC. Vamos fazer um programa tipo reality show?! Tu vem pra cá e eu vou pra Curitiba, que tu achas? Tudo bem que nunca conheci um curitibano amigável. Mas…vem pra cá que eu te mostro o que é uma cidade de bosta de verdade.

    Curtir

  6. Anonimo:
    Eu tenho uma amiga que mora aí, então no começo até achei que fosse ela comentando. Não duvido que Curitiba seja melhor do que Jaraguá e tantas 347636 cidades que existem por aí.

    Como disse no começo e no fim da postagem, esse post foi algo mais informativo. Curitiba é uma cidade excelente de se viver e apontar alguns pontos negativos não quer dizer que eu não reconheça isso.

    Curtir

  7. Ponto-a-ponto:
    1) De curitibanos só conheço meus parentes, que são apenas uma família. Creio que não só pela influência do laço parentesco, mas não os considero antipáticos. Lembro – e isso porque já faz muitos anos que lá (ou aí) não vou – que minhas primas alimentavam visível inveja do eixo Rio-SP e isso se explique, acredito, num dos itens a seguir. E ser invejoso não é ser antipático… ao menos, necessariamente.
    2) São Paulo também varia, e muito, a temperatura climática durante o dia. É o que gera o chamado “efeito cebola”: Você sai de casa de manhã, abarrotado de roupas e, no decorrer do dia, vai tirando uma a uma.” Mas isso não seria uma desvantagem. Ruim mesmo, e para a economia baseada no turismo, seria essa “amornada” centígrada. Afinal, o frio atrai gente sim. Que o diga Campos do Jordão (SP) ou Garanhuns (PE).
    3) Eu, como contumaz motorista paulistano posso afirmar: Carniceiro é o pernambucano. Aqui sim o “Cada um por si” é regra geral e sai da frente quem discordar. Gentileza é exceção à regra. E burlar regras é praticamente outra regra acima de todas as demais. Será que o curitibano ganha essa – lastimável – disputa?
    4) Acho, e passadas umas duas décadas, que minhas primas ainda teriam hoje o mesmo sentimento quanto a esse assunto, pelo visto…
    E você fala de diagramação dos impressos jornalísticos. Pois saiba que eu aqui encontrava diversos erros ortográficos, gramaticais e de separação de sílabas – vai confiando cegamente no Word, vai! – nos 3 principais diários da Grande Recife. (isso antes da infâme reforma ortográfica, evidente)
    5?) É, Recife tem uma ciclovia sim. Mas que só serve para turistas, pois só margeia a praia. O trabalhador enfrenta a avenida mesmo. E seus buracos, seus motoristas ensandecidos; Uma vantagem que vejo em relação à SP são os pedágios: No sudeste, você nem bem guardou o troco de um pedágio e lá vem outro, à frente. Aqui, até onde fui ao interior, não me deparei com nenhum pedágio. Pasmem. Já quanto a deixar de ser solteiro… hehe. Sem comentários. (Sou muito suspeito pra falar sobre isso)

    Curtir

  8. Caramba!! Quanta reclamação…ainda bem que lugar para morar é opcional, cada um escolhe onde quer ficar. E como muito já se falou, Curitiba tem muito mais pessoas de fora do que da própria cidade, ou seja, tudo o que se fala de humor, educação, etc, acaba sendo um pouco culpa dos visitantes também(assim penso). Falam que as pessoas de Curitiba são antipáticas, mas não percebi muita diferença em outras cidades do Brasil, não. E muita simpatia também atrapalha, torna a pessoa um pouco folgada e enxerida demais. Quanto ao trânsito, motoristas sem noção, isso também tem em qualquer lugar. As pessoas de Recife parecem que saem para uma guerra, carros na contramão, motociclistas enlouquecidos, e pisca lá também é opcional. Enfim, cada um tem sua opinião sobre as cidades em que moram ou que já moraram, a impressão que passa com tudo isso é de que algumas pessoas culpam os lugares pelas suas frustrações, é o que parece. Quanto não se tem o que procura, até o lugar e as pessoas levam culpa. ^^

    Curtir

  9. Me vejo em algumas coisas que foram citadas , mas também discordo de outras como a cisma e pobreza cultural .
    Não sei o porque , mas não gosto de muito calor . Beirando os 30 º o negócio é crítico , isso é coisa para as férias .
    E o clima pode ser um grande fator para nossa suposta antipatia .
    Imagine :
    Curitiba 8 da manhã você tem que ir trabalhar , você acorda , mas quem diz que você quer levantar .E ainda ter que sair na rua com aquele vento maravilhoso , que passa pela roupa .É o frio .
    Rio de Janeiro 8 da manhã você tem que ir trabalhar , mas diferentemente da 1ª você já está voltando para casa para tomar um banho para dai sim você ir trabalhar , pois você já foi malhar ou foi a praia .Ou até estava na cama esperando dar a hora . É o clima quente .

    Pobreza cultural :
    Temos o maior festival de teatro do pais.
    Temos grandes curitibanos conhecidos no Brasil e forado Brasil ,exemplos : (Ator/Atriz) Guilherme Weber ,Alexandre Slaviero ,Letícia Sabatella ,Franciely Freduzeski , Herson Capri , Luis Melo , Anderson Lau , Ranieri Gonzalez ,Guta Stresser , Ary Fontoura ,Mário Schoemberger ,Renato Scarpin ,Isadora Ribeiro ,Marjorie Estiano , Simone Spoladore . (Humoristas) Marcelo Madureira ,Claudinho Castro ,Diogo Portugal ,Katiuscia Canoro , Dig Dutra ,Caíque Luna . (Escritor) Dalton Jérson Trevisan , Tasso da Silveira (Poeta) Emiliano Perneta , Emílio de Meneses , Paulo Leminski (Músico) Dinho Ouro Preto , Kismara Pessatti (Diretor de Teatro ) Felipe Hirsch (Critico Literário e Musical ) José Cândido de Andrade Muricy (Desenhista) Poty Lazzarotto .

    Concordo que eles tenham que sair daqui para alcançar o Brasil , pois as grandes midias que alcançam o Brasil todo não estão no Paraná .

    Tristeza a pedreira ser fechada , já perdemos grandes shows com isso .

    Falta mesmo as ciclovias , temos que muitas vezes nos arriscar junto aos carros .
    E acho que estão construindo muita coisa em termos de mobilidade , tendo que afetar outros pontos mas que quando prontos , aliviarão o trânsito .

    Apesar de boa , falta muita coisa para que Curitiba seja o que a prefeitura mostra da cidade .
    Como capital ecologica , transporte público , creches , sistema de saude .

    Não percebo em meus amigos essa antipatia , principalmente com meus parentes de outras cidades e estados .
    Até parece que são parentes deles .

    E amo Curitiba !!!

    Valeu !!!

    Curtir

  10. Opa! eu achava que a vida lá era bem diferente do que o pessoal esta falando. Eu sou brasilera mais tenho morado no Chile ja faz 21 anos. Alem disso eu tinha vontade de voltar um tempo e pensava que Curitiba podia ser uma boa cidade para morar. Eu sou Arquiteta de Informaçao e desenhadora de interaçao, tem trabalho para mim por lá, alguem sabe?

    Agradeço muito cualquier dica e disculpem o meu portugues.

    Lembranças.

    Curtir

  11. Eu saí de curitiba pra morar em mais 4 cidades até hoje, e posso dizer que de todas elas, eu poderia repetir exatamente seu texto…claro se eu ficasse pensando que sou o centro do universo e que todos devem ser como eu quero que sejam. Mas se aprendi alguma coisa nessa vida de cidade em cidade, é que os problemas eu que vejo, são quase sempre, apenas reflexos de mim mesmo, principalmente qdo não estamosm dispostos a aceitar o diferente…Vc falou muito em preconceito, de uma forma extremamente preconceituosa, incorente não acha?

    Curtir

  12. Puxa! Comparar Curitibanos com Pernambucanos é pegar pesado! O mesmo em relação às respectivas cidades e seus costumes. O trânsito, hoje em dia, é caótico em qualquer cdiade desse País, diga-se. Enfrento todo santo dia o trecho da Avenida Domingos Ferreira, cruzando a cidade do Recife para minha casa e pego um engarrafamento terrível às 18:00 da noite. Ninguém merece. Porém, e como qualquer cidade que também tem seus pontos positivos, destaco o “calor humano” dos pernambucanos. Aqui, não tem pra ninguém. E muito menos para os curitibanos. Conheci Curitiba em 2006, e, especialmente, um curitibano em si, e confirmo: SÃO EXTREMAMENTE FRIOS. Até quando querem – ou tentam – ser amáveis, são frios. Já os pernambucanos… Ah! Pra estes não existe tempo ruim… Pessoas amáveis, simpáticas, educadas e calorosas!! Sim, tenho orgulho em ser nordestina, orgulho em ser Pernambucana! E até onde sei, ainda é a melhor cidade pra se morar…

    Curtir

  13. Estou em vias de me mudar pra Curitiba, e com esse texto pude, pelo menos, diminuir o impacto da realidade que que se revela fria em todos os sentidos nessa cidade. Mas o frio que eu mais temo é o que vem das pessoas. Ainda me assusto quando um bom dia dado não é respondido e perco horas lembrando disso no decorrer do dia. O trânsito é um problema generalizado e Curitiba é só mais uma metrópole a cultiva motoristas mal-educados…
    Parabéns pelo texto.

    Curtir

  14. Nasci em Florianópolis, fui para o Rio de Janeiro aos 5 anos e tive residência lá por 28 anos. Estive um tempo em um colégio interno em Barbacena. Moro em Lages/SC dede 2001. De 2001 para cá tenho ido diversas vezes à Curitiba a tabalho. Passo de um dia a 2 semanas dependendo do que tenho a fazer. Já cheguei a passar um mês iteiro lá. E já fiquei dirigindo lá umas duas semanas e adorei em relação a Lages. Os sinais são rápidos e mesmo em horário de pico, ao menos para os locais para onde me dirigi, encontrei trânsito pesado mas não paralizado. Na mimha visão e da minha esposa o trânsito flui. Em Lages/SC, uma cidade pequena, é concenso entre os taxistas locais e até mesmo em reportagem do Diário Catarinens que o Lageano dirige mal. Cara, e é muito mal. O pessoal chega a parar o carro no meio da rua na contra mão para bater papo na maior. E, quando o sinal abre leva uma eternidade até arrancar e, se vc é o quarto carro da fila em diante, vai ter de esperar o próximo sinal verde. Tenho carro automático e sofro pois é muito comum andara trechos longos em segunda devido a baixa velocidade usual dos motoristas aqui. Pedestres, sem comentários, nunca vi pedestres mais folgados a ponto de começar a atravessar a rua, tranquilamente, quando o sinal abre para os carros e não está nem ai. Olhar para atravessar rua, é incomum, chegando ao ponto de pedestres atravessarem avinidas em diagonal em passo lento sem olhar para lado algum.
    Bom em relação a preconceito em Curitiba, não vi. Sou negro, tenho 1,78 de altura, peso 88 Kg e tenho corpo atlético.Pois bem, um colega me falou que as Curitibanas adoram negros grandes como eu. Eu ouvi isto de um Curitibano conversando com sua colega loura, dizendo que ela era chegada nun neguinho. Curitiba é o local onde mais vi casais interraciais. Toda vez em que eu vou lá sempre vejo pelo menos um casal interracial e sempre tem uma Curitibana de olho e mim, e não é negra. Um colega meu que acabou de chegar de lá, após ter morado 2 anos me informou que o sistema de transporte público é muito bom (também achei). O sitema de saúde pública, temambém. Ele e a esposa estão aqui em Lages de volta a menos de 1 ano (ambos naturais de Lages mesmo) e estão loucos de vontade de voltar para Curitiba.
    Em fim, acho que das diversas experiências que podemos ter em uma cidade, muitas vezes temos as piores ou as menos boas. Mas todas valem a pena conhecer. Só indo lá para conferir.

    Curtir

  15. SABE PORQUE SOMOS ANTIPÁTICOS
    PORQUE ODIAMOS VCS QUE NÃO TEM VERGONHA NA CARA
    NÃO GOSTAM DE CURITIBANOS SUMAM
    DA NOSSA CIDADE
    SEUS PENETRAS
    SÓ TRAZEM CON GESTIONAMENTO PARA NÓS
    FILAS.TORNAM NOSSA CIDADE UM CAOS.
    VÃO PARA O INTERIOR QUE NÃO TEM CARROS.

    Curtir

  16. Curitiba. Já morei alguns anos ai e pretendo voltar! Sei destas pequenas desvantagens, mas nada que tire o brilho de Curitiba.
    Uma cidade bonita, estruturada, o clima e o transito muito melhor que aqui em Londrina, onde o calor é terrível, o transito pior ainda, travado, motoristas “sem noção”, reclamam ai dos radares, aqui em LDB eles seriam bem vindos, pois onde se deve trafegar a 60km/h, uns trafegam a 60, outros a 30, outros a 100 – deixando o transito complicado. Para cruzar a cidade sul/norte em uma via rápida, leva-se de 30 a 40 minutos, se for por “dentro da cidade” leva-se 1 hora no mínimo!. Curitiba = bonita, estruturada, limpa, clima ótimo e muitos mais… resumindo… voltarei em breve!!!!

    Curtir

  17. Seu relato é verdadeiro. Faltou falar do sotaque dos curitibanos. Meu sotaque (interior paulista) é horrível, mas eu ADMITO isso e levo na esportiva! Eles, os curitibanos, não admitem.

    Curtir

  18. “É isso mesmo, vão todos embora. Não gostamos de ninguem que nao gosta daqui. Vocês ficam vindo de fora pra ca enchendo a nossa cidade trazendo porcaria!
    Saiam todos fora, bando de pregos!”

    Ahhahahahhah. já ouvi isso de um amigo meu indgnado!

    ps: sou curitibano!

    Curtir

  19. Sou de sc sou motorista de caminhão á 45 anos de estrada, já passei por este brasil inteiro na boléia de um caminhão,conheçendo alguns estados como são paulo,rio de janeiro,rio grande do sul,minas gerais Brasília,mato grsso enfim quase o brasil inteiro, e morando em algumas cidades destes estados e por fim estou morando em curitiba á 17 anos ,posso afirmar que a cidade de curitiba é ótima par se viver ainda pois em alguns ítens por enquanto ainda estamos na frente de muitas capitais brasileiras como por exemplo o transporte público,á saúde pública enfim a qualidade de vida aqui´e bem superior em relação á outroa estados brasileiros,mas há falta de segurança ao cidadão deste estado como em qualquer outro lugar,mas se tratando do povo curitibano não estou generalizando isto é não são todos mas a grande maioria é frio e calculista como por exemplo gosta de ferrar as pessoas no local de trabalho,se tem uma pessoa idosa ou grávida não dá assento para sentar é totalmente ignorante no que diz respeito a dar informação correta prefere dar informação errada,é nariz em pé,é o pior motorista que já conheci,são fáceis de ser identificados pois não capaz de fazer amizades´pois se fizer amizades com vc desconfie pois é só para tirar proveito,não gostam de quem vém de fora pois devem ter medo que vão ocupar os espaços deles pois não tem capacidades de criarem nada pois são totalmente invejosos,é um povo que não gosta de tomar banho talvez pelo frio que faz aqui mas isto não impede de ser limpo,não são capaz de retribuir para te convidar para ir em sua casa pois só gostam de ser convidados,enfim tem mais defeitos ruin que qualidades boas quem sabe melhora daqui uns 500 anos,sei que vão me xingar por eu estar falando pois não gostão que á verdade seja dita mas é a pura realidade,enfim um abraço aos poucos curitibanos que são bons pois aqui está melhor por causa dos que estão vindo de fora tanto para residir quanto para trabalhar,pois os grandes cargos ocupados pela maioria das empresas vém de fora,enfim um grande abraço aos poucos curitibanos bons que aqui existe.

    Curtir

  20. curitiba e tudo de mais belo que conheço no brasil, povo educado, clima perfeito , parques e praças maravilhosos, restaurantes, bares e pizarias de primeira linha. amo curitiba e todo o parana. pra que coisa mais linda do que as cataratas do iguaçu. visual entre os mais lindos do planeta. sou cearense , moro em fortaleza , mas amo passar ferias no parana. no belissimo estado do parana.

    Curtir

  21. nasci em curitiba mas fui criado no rj e em mg.agora estou no rj mas nao suporto isso aqui…muito sujo…to pensando em voltar p curitiba pois acredito q é uma otima cidade p quem quer firmar territorio e construir sua vida…pros e contras todo lugar tem.quero achar uma casa no hugo lange se deus quiser!curitibanas ae vou euuuuuuu!!!

    Curtir

  22. Sim, você tem TODA razão quando fala da antipatia curitibana. Dizem que foi daqui que surgiu a piada: “Bom Dia, por quê?”. Conheci Curitiba em 1988, de passagem, e me encantei. Pensei comigo: Isso sim é cidade limpa, civilizada, urbana! Um dia, ainda vou morar aqui. Depois disso, vim em 91, 95 e, finalmente, aceitei uma transferência e vim morar em 1999. Mesmo tendo vindo numa função gerencial e tendo que chefiar curitibanos, percebemos, eu e a minha esposa, sem filhos, que a cidade respira arrogância e preconceito. Ninguém agradecia gestos de gentileza, não respondiam um simples bom dia e sequer seguravam a porta do elevador do nosso condomínio ou do prédio em que eu trabalhava. Eu sofri muito e pensei que havia me mudado para outra Curitiba e não aquele que conheci 11 anos antes.

    Fui transferido de volta ao Rio de Janeiro, de onde havia me mudado – não sou carioca e sim soteropolitano e retornei em 2008, por opção, dessa vez sem função gerencial. Dessa vez, mais maduro, vim ao encontro daquilo que sabia que iria encontrar: Uma cidade mais limpa, com belos parques, ou seja, uma cidade verde, bons restaurantes e um trânsito ainda melhor que o Rio de Janeiro, com exceção dos motoristas que são ignorantes e soberbos. Os curitibanos não aceitam serem chamados de frios e acusam os forasteiros, assim como eu, de serem os mal-educados. Paciência. Hoje, tenho dois filhos desse casamento, um menino de 3 anos e a minha filha vai completar um ano em outubro de 2010. É uma curitibana com raízes nordestinas. Provavelmente vai falar “leite quente que dói no dentê da gente”, e muito “Daí”, mas gostará de acarajé, vatapá e caruru. Viva a diversidade e abaixo a intolerância!

    ötimo post! (não sei se enviei antes meu comentário,porque a conexão caiu)

    Curtir

  23. Na verdade, dentre os brasileiros, o curitibano está no rabicó da cadeia alimentar. Provinciano como se morasse numa cidade do interior, direitista como se fosse republicano da América do Norte, preconceituoso com quem não ostenta um NOME, uma FAMÍLIA, uma ORIGEM ou DINHEIRO, Curitiba é o resultado de italianos metidos a besta, poloneses carolas e ucranianos igualmente.

    Quando vivi em Curitiba, me sentia como um plebeu entre nobres. Tudo isso era amplificado por minha modéstia e não-intervenção. Se todos iam lavar seus carros no sábado à tarde, eu me isolava com um livro — e era considerado alguém horrível, um pobretão que não se mistura. Se todos iam absolutamente juntos — como uma família — a um filme blockbuster e eu dizia que os encontraria na saída, era um herege.

    Mas o pior é que quando me fazem convites, eu acredito e até visito. Custei a aprender que os convites tinham a finalidade de interromper o diálogo que estava sendo travado e que não eram para serem levados a sério. Imaginem que eu visitava… E logo era recebido com tal frieza que ia embora, lamentando existir.

    Não, Cu ritiba é uma cidade inaceitável, é sufocamento cultural, é o fim do mundo.

    Milton Ribeiro, de Porto Alegre.

    Curtir

  24. Brgrow, o Felipe Hirsch, que é um dos poucos da sua lista que realmente tem motivos e talento para ser destaque no cenário cultural do país (Diogo Portugal, Claudinho Castro, Alexandre Slaviero, Franciely Fredueihrirhrksjski, esses são os famosos quem?), não nasceu em Curitiba e sim no Rio.
    Um abraço.

    Curtir

  25. Eu axo q quem mora em curitiba e fala do transito ruin, concerteza não sabe a verdade pois eu moro no Rio de Janeiro e aqui sim é um transito insuportavel pois alem do engarrafamento tem os motoristas malucos q sobem até pela calçada para te ultrapassar.. e outra coisa aqui nao existe faixa para dividir a pista sea pista são de 3 faixas eles fazem caberem 5 faixas …. os carros se amontoam um do lado do outro disputando quem vai passa a frente sem contar em muitas buzinas. … acredite meu amigo aqui é muito pior q curitiba eu vivi a minha vida toda em curitiba eu só moro no rio a 1 ano e 9 meses e te garanto aqui é uma desgraça …. curitiba tem defeitos? claro q tem mas não chega nem perto dos defeitos das outras cidades… e quanto ao povo ser antipatico.. isso ai deve ser o pessoal que vc conhece pois os que eu conheço são muito legais divertidos riem.. brincam, e até mesmo no rio que é cidade de gente acolhedora tem pessoas insuportaveis tbm ..

    Curtir

  26. Estou vindo de Porto Alegre morar em curitiba. Desde que comecei meu contato com os curitibanos, constatei que são um povo maravilhoso e extremamente honestos. E posso dizer com certeza e orgulho gaúcho de ser lá do meu rio grande do sul: sou negro, peso mais de 140kg e tenho 2m15cm e nunca fui hostilizado nem sofri qualquer tipo de pré-conceito em Curitiba. A cidade é praticamente perfeita em infra-estrutura. Perfeito nada é. Jesus não agradou a todos. Temos de agradecer por sermos brasileiros e não morarmos no inferno que são os paises como afeganistão, india e na pobreza existente na Africa, onde morrem 518 crianças por dia. Espero não ter sido rústico demais, mas devemos avaliar bem nossas concepções frente ao mundo em que vivemos antes de tudo. Abraço!

    Curtir

  27. O CLIMA DE CURITIBA É AGRADÁVEL – APESAR QUE FALTA UM POUCO MAIS DE SOL PRA ALEGRAR O DIA.
    A GASTRONOMIA É ÓTIMA.
    O PARQUES SÃO MUITO LEGAIS.
    A ALIMENTAÇÃO PARA QUEM TRABALHA E ALMOÇA NA RUA NÃO TÃO CARA E É DIVERSICADA.
    O MOTORISTAS SÃO OS PIORES DO BRASIL, MAL-EDUCADOS, LESADOS, NÃO DÃO SETA PRA VIRAR PARA A ESQUERDA OU DIREITA, SÃO TOTALMENTE SEM NOÇÃO NENHUMA DO BOM SENSO, PARAM EM QUALQUER LUGAR, E REALMENTE SE ACHAM COM O REI NA BARRIGA COMO A MAIORIA DAS PESSOAS.
    SÃO PEDANTES, GROSSOS, MAL-EDUCADOS E FALTAM JOGO DE CINTURA, ESPERTEZA, SIMPATIA, SÃO MUITO LERDOS EM TUDO. NÃO QUE NÃO HÁ GENTE EDUCADA, MAS A MAIORIA SÃO DESSE JEITO ARROGANTE MESMO.
    TEM MULHERES BONITAS, SIM, BASTANTE, MUITAS LOIRAS, MORENAS CLARAS, MAS SÃO PAULO, SANTA CATARINA, RIO DE JANEIRO, NOVA YORKE, TÓKIO TAMBÉM.
    MOREI EM DIVERSOS LUGARES DO BRASIL E FORA DO PAÍS E PERCEBEO BEM ISSO.
    É UM LUGAR QUE FORA ISSO TEM TUDO PARA SER AGRADÁVEL, É UMA CIDADE MUITO LIMPA, TEM BONS GOVERNANTES, ALGUNS QUEREM QUE TENHA METRÔ MAS ACHO QUE NÃO HÁ NECESSIDADE. A CIDADE TEM UM BOM SISTEMA DE TRÂNSITO.
    TEM HORA QUE IRRITA MUITO ESSA FALTA DE SIMPATIA E EDUCAÇÃO DA MAIORIA QUE DÁ VONTADE DE DAR UMA SURRA MESMO, UM SACODE DE DEIXAR O INDIVÍDUO NO CHÃO TODO ARREBENTADO. MAS APRENDI QUE É BOM PENSAR EM DEUS ANTES DE TAL ATITUDE, AFINAL ISSO NÃO TRAZ BOA ENERGIA, NÃO É BOM. MAS QUE MERECEM, MERECEM SIM, ESPERO NUNCA PRECISAR FAZER ISSO POIS NÃO SERIA NADA AGRADÁVEL PRO ELEMENTO.
    BOM, O JEITO É REZAR PRA QUE ALGUM GOVERNANTE FAÇA UMA CAMPANHA NA CIDADE PARA VALORIZAREM A GENTILEZA E OUTRAS COISAS EDIFICANTES EM RELAÇÃO AO TRATAR AS PESSOAS.
    FELICIDADES A TODOS E TUDO DE BOM

    Curtir

  28. Longe de defender os curitibanos, apesar de ser uma. Mas não tenho problemas em fazer amizades por aqui. Pelo contrário, a cada lugar um papo.Há simpáticos e antipáticos como em qualquer lugar. O negócio é puxar papo.Já experimentaram sorrir um pouco e puxar um papinho (que não seja sobre tempo ahahah).

    Curtir

  29. Bom, acabo de voltar de Curitiba (sério, há poucas horas) e resolvi fazer um comentário. Sei que a Caminhante (que tive o prazer de conhecer em um programa bacana com nossos respectivos cônjuges) o tópico é sobre “morar em Curitiba”, mas achei que, como turista, poderia dar minha visão sobre a cidade.

    Não sei se foi sorte, mas lidei apenas com pessoas simpáticas lá. Um ou outro achei nojentinho, mas isso está na média. Mas minha viagem durou apenas três dias, né?

    Eu sou nordestino e moro em São Paulo, então tenho sotaque mistureba. Ninguém me tratou diferente por isso, até onde eu percebi. Aqui em São Paulo eu já sofri algumas vezes com isso, então não sei se é tão diferente.

    O motorista curitibano SEM DÚVIDA é o pior que já vi. Achei que os cariocas eram ruins (pelo estilo kamikaze), mas na capital paranaense eu vi de todo tipo de coisa em apenas três dias. Conversões súbitas e na frente de ônibus (sem dar sinal/seta, é claro), balizas mal feitas, fechadas criminosas.. Achei bizarro.

    Quanto à pobreza cultural, não sei tanto sobre isso. Na feirinha eu vi bastante valorização do artesanato. O museu de Niemayer eu achei bem destacado. No passeio turístico, notei grande valorização de influências gringas (talvez haja aquele orgulho colonial de ter influência europeia, como há na minha terra natal, Recife). Mas, depois de dois dias passeando, não vi muito mais coisas que valessem a pena parar e conhecer.

    Em relação ao clima, fui um azarado de merda: adoro frio, mas só peguei calor lá (com direito a queimar a pele e ficar parecendo um pimentão). Então não posso falar muito sobre a queixa de frio eterno.

    Em suma: achei uma cidade agradável, com um quê de interior. Não curto balada, então não conheci e nem pretendo conhecer esse lado curitibano, então não ligo. Mas os restaurantes que fui lá são bons – e mais baratos do que em SP.

    Mas minha esposa já passou três meses em Curitiba e pode afirmar que sim, são geralmente antipáticos. Então isso poderia me impedir de morar lá, embora não determinante. No final das contas, acho que, pelo pouco que vi, a cidade tem atrativos bacanas – mas mais provavelmente para curto prazo.

    Curtir

  30. O pior lugar que morei na minha vida foi CURITIBA, e o pior povo que ja conheci foi o CURITIBANO,a cidade e capital do crack,dos erros,do vandalismo,acidentes bestas de transito,da enganaçao principalmente cidade modelo da propaganda enganosa,aqui e THE WORLD OFF CANIBALLS,ja estou ha 5 anos em curitiba ate hoje nao consegui pegar uma curitibana sem falar que aqui e a capital das lesbicas e bem legalize mesmo drogas homossexualismo e outros do genero,aqui e tudo mais dificel sem falar que o curitibano e explorador e ruim de pagar tudo isso que estou relatando esta na midia ou no jornal nao sou eu que estou inventando e quando vi esses comentarios resolvi reforçar os podres de curitiba cheguei a entrar em depressao por 2 anos aqui hoje procuro nao me envolver com a cidade estou so esperando a venda da casa para sair correndo daqui mas gosto e gosto tem nordestino que chega aqui e acostuma com o sofrimento,sem falar que eles sao encrenqueiros e o povo mais folgado penso que se eles descobrirem quem sou eu podem me pegar e me encher de porrada por falar a verdade sobre a cidade por que queira ou nao para eles aqui e o paraiso,o lugar ruim para ganhar dinheiro,aqui eles sao campeoes de erros,falam que sao melhores em tudo a melhor educaçao so que uma menina que estuda no circulo militar perdeu para um nordestino no soletrando do luciano hulk,enfim aqui e lugar de louco mesmo CITY OF ILUSION uma cidade que nao respeita o direito do proximo estamos sofrendo pra caramba aqui mas nao e so agente que esta na mesma, um dia um curitibano que morou em varias cidades do pais me disse que tudo que eu disse sobre a cidade e verdade mas que ele amava a terra dele,a cidade e tao perigosa que agora tem seguro de vida para quem anda de onibus,aqui quase todo mundo vende drogas mas nao adianta eu relatar tudo isso e mais facil me darem um pe na bunda do que eles aceitarem a critica construtiva e tentar melhorar tudo isso pois como eu ja disse aqui e THE WOLRD OFF CANIBBAL's, tem artista que nem gosta de vim a curitiba fazer show por que o publico curitibano e campeao em vaiar,eles so gostam de artistas locais.o povo metido…todo lugar do brasil e ruim so que aqui fazem propaganda enganosa que tudo e bom.agora e so eu eperar que eles vao me dizer um monte vao falar se vc acha tudo isso por que vc nao vai embora os curitibanos ficam nervosos e se alteram quando falam a verdade sobre a cidade eles sao muito patriotas um abraço ao povo MODELO DO BRASIL.O ratinho mesmo confessou que para conseguir algo na vida teve que ir embora daqui…dentre outros que teve que deixar a cidade para conseguir allgo na vida por que aqui e tudo mais dificel ha quando entrei em depressao e fiquei em tratamento por dois anos so consegui receber auxilio doença por 3 meses por que o direito da pessoal tornasse uma questao pessoal pelos curitibanos um medico perito curitibano disse por que eu nao ia embora de vez para minha cidade quem sabe eu melhorava e voltava a trabalhar.meu advogado disse que eles estavam me perseguindo por eu nao ser daqui chegaram a pedir interdiçao civil da minha pessoa para me pagar um misero salario minimo de auxilio dai deixei pra la vcs devem estar curiosos pra saber de onde sou,mas deixarei vcs descobrirem para nao tirar o merito de o povo mais descobridor do pais VIVA OS CURITIPANICOS…me desculpem pelos erros estou em uma dessas telecentros em que o teclado nao e visivel.muito obrigado…

    Curtir

  31. Cara Caminhante, como Curitibana que sou – mas daquelas que ainda têm a visão clara da cidade – só posso dizer que esse último comentário moderado é perfeito. E, mais, Curitibano é bairrista. Simples assim. E a cidade foi realmente boa pra ser viver, mas já faz tempo.

    Bjos

    Curtir

  32. Acho que o seu problema não é Curitiba, mas sim a língua portuguesa. Aproveitando, apresento nosso amigo “Enter”, utilizado pra separar parágrafos.

    E o melhor: funciona mesmo quando se está no escuro. 🙂

    Curtir

  33. Não sou bairrista, não sou patriota nem nacionalista, gosto do meu povo, curitibano, paranaense, brasileiro e ponto final, MAS, percebo que muita gente que vem de fora pra Curitiba, seja do interior do Paraná ou de outro estado, acaba vendo o curitibano de forma muito superficial, com quem você falou para formar sua opinião de que somos antipáticos? Cobradores de ônibus, garçons, com quem?

    Pessoal se vocês moram em Curitiba há 3 meses, 40 anos, e não fizeram um amigo, não bateram papo com alguém diferente, sinto informar, mas o problema é com você, não com os habitantes e muito menos com a cidade.

    É bem facil chegar aqui de outra cidade ficar apontando o que você considera falhas dos curitibanos de cima de seus saltos altos de moralidade.

    Lembrem amigos quando vocês se mudam, seja aqui no Brasil, ou até para outro país, é você que tem que se adaptar ao lugar e não o lugar que tem que se adaptar a você.

    E em todo lugar que fala sobre Curitiba sempre tem um caboclo que fica falando que as curitibanas tem o nariz empinado e são metidas…palhaçada, parece que levou toco né amigo “dj” ….

    Enfim, todos sao bem vindos em Curitiba, mas vistam a camisa da cidade amigos…

    Curtir

  34. Este último comentário é ridículo. Moro aqui há 20 anos, sou simpática e comunicativa, meu papo é inteligente e converso sobre todos os assuntos. Porém, cansei de ficar no limbo e falando sozinha.
    Por mais que você tente, o curitibano não dá abertura para uma amizade desinteressada e verdadeira. Ainda não consegui descobrir, se é por ignorância, por egocentrismo ou por frieza, ou por todos esses fatores juntos.
    O fato é que todos as pessoas que vem de outras cidades, reclamam da mesma coisa. Será mera coincidência?
    Curitibanos são sim, antipáticos, frios, mal educados, egoístas, calculistas e se acham o centro do universo.
    Quem aqui vive, vai sempre sentir um vazio insuportável, pela falta de calor humano, que é a maior qualidade do povo brasileiro.
    Estou convivendo com um curitibano no meio acadêmico e, como alguns disseram aqui, muitas vezes tenho vontade de socá-lo. Quando ele “está a fim”, ele conversa, mas quando não está, me deixa falando sozinha. Essa criatura, tem graduação, mestrado e doutorado, mas é completamente ignorante quando se trata de contato com as pessoas.
    Já vivi em várias cidades do Brasil e também no exterior e posso afirmar que, o curitibano faz jus a fama que conquistou.

    Curtir

  35. Curitiba é o lugar de pessoas diretas e sem rodeios, sem paciência para burrice e gente lerda e que nao chama qualquer um(a) de amigo(a) aliás, gostamos de cachorro, gente toleramos.O pior foi a propaganda que Curitiba é a melhor ou uma das melhores para viver. Resultado, caiu a qualidade de vida, a criminalidade aumentou, etc. Facam um favor: quem nao gosta de Curitiba deve ir embora mesmo, ninguém os obriga a viver aqui. Nao fazem falta… fulano(a) já foi? já foi tarde.

    Curtir

  36. Eu gosto de Ctba, e sério, pouquíssimos curitibanos foram antipáticos comigo, pessoalmente. No geral, acho-os um pouco metidos, e fico olhadndo e penso: why? Uma coisa que me chamou a atenção, que um amigo me disse: em Ctba, nos bares, depois das 2h da manhã todo mundo fica simpático. É MUITO engraçado, pq é verdade mesmo, hahaha

    P.S.: estes posts sempre rendem comentários, incrível, né?

    Curtir

  37. Sou Curitibana, tenho poucos amigos(as) mas sao de longa data, podemos contar uns com os outros. Gosto de animais, criancas e idosos e nunca tratei mal uma pessoa que veio de outro estado ou país mas nao tolero quem emporcalha a cidade!

    Curtir

  38. Sou carioca e bem acostumada com a simpatia e hospitalidade do povo do RJ… Apesar de estar entre os mais mal educados do Brasil, o carioca sabe agradar e receber bem quem vem de fora. Estou em processo de mudança do RJ para Curitiba e lendo as postagens me arrepiou a espinha… Além da tristeza de ter a familia distante, nenhum amigo inicialmente, emprego novo (sem conhecer ninguém) e hábitos bem diferentes, ainda tenho que entender que os curitibanos são frios! Receio que a adaptação seja pior do que eu imaginava… Cariocas tem a mente aberta, acho que é o povo menos preconceituoso de todo o Brasil (Nordestinos, sulistas, nortistas, indios, negros, gays…) O RJ está para todos e o imenso orgulho que temos de nossa cidade faz querermos sempre atrair mais gente para mostrarmos o quanto somos “ricos” de belezas, sejam naturais ou não.

    Curtir

  39. Curitiba foi o pior lugar que vivi na minha vida, um verdadeiro karma! a cidade é linda mas as pessoas… conheci o que há de por no ser humano: o egoísmo, a falsidade, a grosseria, o oportunismo. E causados por quem? por gente que veio de fora! em resumo, Curitiba já ficou para trás a muitos anos quando mudei para o exterior, enquanto cuido da minha vida os falsos e fracassados ainda continuam cacarejando contra a cidade e contra os curitibanos. Pena…

    Curtir

  40. Caro amigo “carioca”,
    Não nasci no RJ, mas tenho um filho que nasceu em Niterói e já morei em três oportunidades na Cidade Maravilhosa. Também tenho uma filha nascida em Curitiba em 2009. Bem, o que posso lhe dizer é que venha ao encontro daquilo que você deseja e espera encontrar em Curitiba. Eu estou morando aqui pela segunda vez e tomei um “choque” na primeira vez. Dessa vez, vim ao encontro de um cidade limpa, organizada, cidadã, arborizada, com bons restaurantes, trânsito melhor que no RJ e custo de vida menor. Não vim encontrar hospitalidade, bom-humor, gentileza, atenção, sorrisos, sol, “bom-dia”, “por favor” e “obrigado”. Espero que tenhas entendido meu comentário. Por fim, te digo: Não troco Curitiba pelo Rio de Janeiro em termos de moradia.

    Curtir

  41. Quem sente frio na espinha em pensar em viver no RJ sou eu! se viajar de férias para lá é perigoso, viver no RJ é correr riscos qualquer segundo de levar um tiro de bala perdida, sofrer arrastao na praia, andar no calcadao? nem pensar pois vcs têm uma “socialite” q joga ovos podres pela janela! que bom que aqui encontrou oportunidade, mas só vai se manter se for realmente competente.Os cariocas sempre se orgulham de suas belezas: O samba e carnaval com suas belezas “naturais ou nao” que atraem turistas do mundo inteiro, pois é… quem vive no exterior dá a vcs cariocas um “muito obrigado” pela fama que as mulheres brasileiras conquistaram internacionalmente! no mais faco minhas as palavras do Herval.

    Curtir

  42. nossa,em primeiro lugar:parabéns pela quantidade de postagens que recebeu a respeito deste assunto.
    olha só, apesar dos pesares , penso q ninguém aqui pode negar que no fundo todos tem esperança de encontrar um lugar diferente para fazer a vida ,morar e viver com qualidade .e confeço que este também foi e ainda é um dos meus sonhos ,pois bém .posso te afirmar com toda serteza que curitiba deve estar no topo desta “lista” de lugares onde as pessoas se imaginam felizes.
    Sou cascavelence, de lá não tenho queixa quanto a ouvir um bom dia de qualquer pessoa na rua,ja no transito…
    hoje faz quatro anos que vivo em florianópolis,aqui existe preconceito também , até em programas de tv regionais você ouve expreções como :”esse é de fora”
    Em fim amigo, não de tanta importancia a pequenos detalhes,ha , to indo pra curitiba daqui a dois meses. abraço.

    Curtir

  43. Sou de Belém, já visitei alguns lugares desse Brasil e posso afirmar que em todos os lugares existem todos os tipos de gente. Você nunca chegará em um lugar onde TODAS as pessoas irão te tratar bem, até por que todos temos o Livre-arbítrio. Ninguém é obrigado a sorrir o tempo todo, dar bom dia pra todo mundo nem parecer ser cool o tempo todo, isso seria hipocrisia! Agora essa questão de aversão aos que vem de fora, excluindo as cidades cujo o turismo é grande fonte de renda como as cidades litorâneas nordestinas e o Rio de Janeiro, é muito forte em qualquer outro estado. Um exemplo somos nós de Belém e os nosso vizinhos do Amazonas, existe uma grande rivalidade, sem fundamentos entre nós. Nossa formação étnica é praticamente a mesma! E mesmo assim existe uma grande rivalidade… Enfim, sou a favor da diversidade cultural e totalmente contra qualquer tipo de preconceito. Todos somos brasileiros afinal de contas, não importa se é negro, branco, amarelo, TODOS vamos para de baixo da terra e feder um dia.

    Curtir

  44. É bom q ninguém goste mesmo,somos discretos não falamos alto dentro de onibus, respeitamos a frente da casa do vizinho, gostamos do frio, temos cara de poucos amigos, não jogamos lixo no chão, e não é de hoje é de sempre, falamos vina, gostamos que cumpram a palavra, de bom atendimento, não gostamos fura-filas, gostamos + de Rock'nRoll à samba, detestamos novelas, adoramos filmes e documentários, somos exigentes sim!
    Por favor não venham inflar ainda + a cidade e o estado, somos antipaticos, melhor ajudarem suas cidades e curtam suas coisas, nós gostamos disso cada macaco no seu galho!
    LizaMarie

    Curtir

  45. AH que saudades de Curitiba… vivo no exterior a alguns anos e sonho em um dia voltar nem que seja apenas mais uma vez. Quando vejo fotos do bairro Jardim das Américas onde passei boa parte da mi8nha vida eu até choro.

    Curtir

  46. AMOOOOOOOOOO CURITIBA… aqui só se fala o essencial, sem confusões e fotocas.
    Cidade modelo, sem lixo nas ruas, aqui o povo até carrega o lixo pra não jogar no chão sabia? cidade da COPA…

    Curtir

  47. Vou dar um exemplo do que acontece aqui.

    Eu faço alemão numa escola muito conhecida na cidade e, na minha sala, tem sempre muitos estudantes. Muita gente de fora, mas também gente de Curitiba.

    Numa certa altura do curso, tinha uma turminha do cantinho, que eram eu e mais três, quatro pessoas, e a gente ficava junto lá porque já se conhecia do curso intensivo do semestre anterior (anote aí: 1o. indício, formação de panelinha).

    Como eu tenho muita facilidade em memorizar vocabulário, eu ajudava os outros, que, simpaticamente, me apelidaram de Wörterbuch (anote aí: 2o. indício, formação de pré-conceito).

    Conversa vai, conversa vem, no intervalo da aula, um integrante da “nossa” panelinha vira para o outro e diz que vai ter aniversário da irmã na casa dele. Eu? Escutando tudo. Na verdade, eu estava sentado entre os dois. O cara então, na maior DISSIMULAÇÃO que eu já vi em minha vida, convidou o carinha e não a mim!

    Embora se trate de pós-adolescentes, não é raro vivenciar isso por aqui.

    Vai se acostumando… 😦

    Curtir

  48. Estas são as desvantagens de morar em curitiba? Fazer frio e as pessoas serem reservadas? Isso é o que eu mais quero.

    Moro no Rio, onde todo mundo acha que é seu amigo e faz o que bem entende sem se preocupar com a opinião do outro. O mundo gira em torno do próprio umbigo.

    Frio? Não sei onde vc mora, mas no Rio, onde a temperatura chega até 40 graus, é muito bom ir para a praia. Terça feira… quarta feira. Sábado é um inferno na terra. Ir trabalhar em onibus lotado e com engarrafamento sem ar condicionado, é um inferno. Não tem como dormir sem ar condicionado.

    Motoristas? Rapaz, vc já pegou o transito do Rio ou SP? Tem engarrafamento? Onde??? As 18h do Centro do Rio ao Maracana, em um trajeto de 6 km é cerca de 45 min a 1h de carro. DE CARRO. Se eu fosse a pé é cerca de 1h30. E vc acha isso bom? SP é muito pior. Os motoristas são ruins? Dirija uma semana nestas cidades para você ter uma idéia. De manha, da Barra da Tijuca ao Centro do Rio demora cerca de 2h para chegar…. 2h30. De transito.

    Cultura? E isso interessa alguma coisa?? Aqui no Rio a cultura é favela… onde tem um monte de gnt que não paga impostos. Aqui tem assalto, lixo no chão, na praia. A Zona Sul é excelente e a Barra da Tijuca também. Agora TODO O RESTO é uma merda.

    Curitiba é uma cidade modelo para qualquer um. A “favela” de lá é melhor que a maioria dos bairros daqui.

    Queria eu muito morar lá.

    Curtir

  49. O QUE ADIANTA A CIDADE EVOLUIR SE OS SEUS HABITANTES AINDA TEM A MENTALIDADE BAIXA ESTAMOS NO SÉCULO XXI E AINDA EXISTEM PESSOAS QUE PENSAM E AGEM COMO SE ESTIVESSEM NA EPOCA DA
    PRÉ -HISTORIA.QUE DECEPÇAO…. A COPA VEM AI …JÁ DÁ PRA IMAGINAR A RECEPÇAO DOS CURITIBANOS…CURITIBA ESTÁ LOCALIZADA NA REGIAO ERRADA NAO É NA REGIÃO SUL MAIS DEVERIA SER NA SELVA AMAZONICA NO MEIO DA MATA PARA APRENDER COM OS INDIOS YANOMAMIS COMO É SER INDIO BRASILEIRO CIVILIZADO.

    Curtir

  50. Gostei muito de todos os posts .. dei boas risadas. Sou gaúcha e estou morando aqui há poucos meses. Achei legal a iniciativa da Josianne: puxar um papo e principalmente sorrir.
    De fato um sorriso sincero é um gesto muito humano, e aquele que não sabe apreciar este gesto é digno de pena. Estamos aqui só de passagem e não sabemos quando será o nosso último dia. Então, porque não aproveitar a vida que temos para vivermos melhor e mais felizes?! 🙂

    Curtir

  51. Um feriadão que deixou saudade foi o de feriado de Corpus Christi de 2009. Nesta data meu namorado e eu fomos conhecer Curitiba. Imaginamos que iríamos encontrar muitas coisas novas, bonitas de se ver. Porém não imaginávamos que nos encantaria tanto como encantou, e nem esperávamos que fosse deixar uma saudade tão grande. Foram com certeza dos melhores dias do nosso ano. O clima geladinho estava tão bom, tão diferente do que estamos habituados a sentir em Vitória. Conhecemos alguns pontos turísticos, lugares lindos e inesquecíveis que deixaram muita saudade e vontade de voltar em breve. Como fomos no feriado, a cidade estava repleta de turistas, o ônibus de turismo estava abarrotado de gente. Meu namorado e eu sempre lembramos dessa viajem com muito carinho e saudade. Sempre bate aquela vontade de voltar, e viver um pouco mais daquele clima..sentir o cheiro daquela cidade (menos do Pinhão por que eu odiei ..rs). Curitiba é linda, não dá vontade de vir embora. Quando deu o dia de voltar foi uma tristeza só, bateu aquela depreee..ficou aquel gosto de quero mais.

    O plano é voltar lá em breve..de preferência no inverno, que é quando a cidade está bem geladinha e podemos presenciar geadas..e coisas do tipo. Tudo de bom. Espero voltar em breve a Curitiba..e viver tudo que vivi lá novamente..foi algo sensacional.. a melhor viagem!

    Curtir

  52. Sem demagogia, mas o jeito Curitibano de ser só me trouxe boas amizades, duradouras, fiéis nas horas boas e difíceis. Meus amigos(as)… posso contar na palma de apenas 1 mao, mas garanto que sao amigos de verdade. No mais, o que dizer aos que aqui chegam? vai saber? pessoas boas e más existem e circulam por toda parte em nosso país e em todos os lugares, está faltando sabedoria em saber separar joio do trigo, só isso.

    Curtir

  53. Neuron, eu moro na Alemanha alguns anos e o que relatou é fato corriqueiro em terras Germânicas. Os alemaes podem ser simpaticos e super gentis mas nao é por esse motivo que irao te convidar ou partilhar seu “lanche”, seus CDs e por aí vai. Se voce achou dissimulacao o que viu, espere e verás quando vier morar na europa!

    Curtir

  54. Bom, nasci em Curitiba mas vivi boa parte de minha vida em outros estados do Brasil, quando voltei á terra natal meu jeitao despachado, bem-humorado de ser bateu de frente com alguns conterrâneos, é verdade. O que me deixou certa vez muito, mas muito “p” da vida foi quando ao voltar do trabalho ( em um banco ) e ficar o dia inteiro em pé, de salto alto eu peguei um ônibus e sentei no banco reservado aos idosos. Juro que nem vi o tal adesivo azul na janela de tao cansada q estava. Pois eis que aparecem duas “senhoras” cheias de sacolas e uma delas invocou comigo. Pra evitar bate-boca eu saí do lugar e deixei a idosa educadíssima que só ( vileira, barraqueira ) sentar seu grande e gorducho traseiro, toda satisfeita. Hoje eu nao sei se sairia do lugar, ainda mais se estivesse em um daqueles infernais dias de TPM, certamente eu diria alto: eu paguei a passagem, estou cansada, daqui nao saio e daqui ninguém me tira! Mas como sou educada dei lugar a ela que passou a tarde toda batendo perna de loja em loja de 1,99… entao meus caros, Curitibano sofre com curitibano tbem, nao sao só os “imigrantes” nao. Ha Ha!

    Curtir

  55. Nasci no interior do Paraná e aos nove anos fomos morar em Curitiba,mesmo criança percebi a diferença entre o Curitibano e o pessoal do interior não vou negar que sofri mas me acostumei e depois de muito analizar cheguei a conclusão:o Curitibano é tímido,mas tem seu lado bom ninguém se mete ou fica cuidando de sua vida amenos que vc queira.Moro no Rio Grande do Sul a hospitalidade aqui é maravilhosa mas não tenho tido oportunidades profissionais como tive em Curitiba,meus filhos já voltaram estão bem empregados e cursando a Federal do Paraná.Eu sinceramente não vejo a hora de voltar.

    Curtir

  56. Fui para Cu ritiba em 2006 para morar mas não aguentei mais do que três semanas e voltei correndo para o meu querido e amado estado de ♥São Paulo♥. Achei os salários de Curitiba bem menores do que em São Paulo, porém a comida muito saborosa, a cidade razoavelmente limpa e organizada, bastante segura embora eu tenha presenciado um assalto, adorei a preocupação com o lado cultural e suas galerias lindas e exposições de arte adoráveis. É inegável que o cu ritibano é culto e muito educado, mas também MUITO FRIO, DISTANTE,
    F E C H A D O, ANTIPÁTICO, ESNOBE, METIDO E ARROGANTE.
    Cu ritibano se acha a última bolacha do pacote.
    Então, prefiro viver em meio à vil gentalha com seus sotaques, nordestinos ou não, mas poder ver sorrisos sinceros, calor humano e me sentir “ser humano”.

    Curitiba ? Voltaria sim, mas só para passear, e mais nada.

    Curtir

  57. Voce nao sabe se informar mesmo né filho .. nao sabe nada da sua cidade! Curitiba hoje é uma das cidades mais tecnologicas e a mais ecologica do Brasil e em relação ao frio , se quer tanto frio porque nao se muda pra antartica, lá concerteza voce vai se arrasta com um nao mas com 30 cobertores pelo chao! E dança, arte, expossiçoes , teatro , cinema .. ta cheio por ai mesmo! voce ta é louco , vai sair de casa e nao fica tanto nesse pc e vai conhecer tua cidade curitibano. Boa sorte, mas valeu a dica pena que ta errada.

    Curtir

  58. Gente, quantos comentários horrorosos sobre Curitiba! Eu estive em Curitiba a duas semanas com meu marido, pois estamos de mudança em alguns meses para lá, e ficamos encantados! A cidade é linda e honestamente fui muito bem tratadapor todos lá! Claro que eles não são como os nordestinos que estão rindo de tudo e para todos, mas os curitibanos são educados sim, enão grossos como alguns comentaram. Enfim, Curitiba ainda é sim a melhor cidade do Brasil!!!

    Curtir

  59. EU GOSTO DE CURITIBA, SOU DE SÃO PAULO, E AQUI NÃO TEM DESSA DE OOOOOOOOO NAUM EH DAQUI O SOTAQUE E BLA BLA BAH, VCS NÃO PRODUZEM QUASE NADA PARA ECONOMIA DE NOSSO PAIS COMPARADO A SP, QUEREM SE SEPARAR DO PAÍS??? OTIMO!!O ESTADO DO PR NÃO DURA UM MÊS, ENTÃO ABAIXEM A MORAL, SEM VCS SP SE VIRA MUITO BEM, ALIAS SE MEU ESTADO SEPARASSE DO PAIS O RESTO TODO SE FERRAVA

    Curtir

  60. Curitiba de tanto querer ser muito acaba sendo comparada com outras cidades que nada tem a ver com a sua cultura,acabam se rebaixando com tanta preocupacao.
    Curitibanos sao sim atrapalhados,parece que nao entendem o que as pessoas falam,,,sado de outro planeta,egocentricos.Nunca tive problema de comunicacao nos Estados Unidos e muito menos em Sao Pulo,Minas Gerais,rio de janeiro,Distrito federal,Mato Grosso…enfim varias outras regioes.Categoricamente o problema e com os curitibanos que se atrapalham todo.Querem muito pra uma cidade que dobrou de tamanho nos ultimos 10 anos…deixem as coisas acontecerem a seu tempo.Quanto a serem frios nao vejo como um problema pois cada regiao tem seus habitos,sua cultura porem a serem atrapalhados nao da pois comunicacao e uma coisa mundial…quem nao comunica se estrumbica.
    E uma cidade bonita sim ,mas se tirar o frio perde o charme.Amantes de curitiba incoscientemente procuram uma cidade de paises de primeiro mundo ,assimilando literalmente ao frio por la presente…tirem o frio de la a acaba o charme…a mesma proporção acontece ao Rio,tirem do Rio de Janeiro a beleza natural,o que sobra????
    Curitiba se explica pelo frio e Rio pela beleza exposta…
    Incrivelmente as duas cidades são tidas com conterrâneos chatos….
    Recado aos curitibanos:o nordeste faz parte do Brasil,e tem gente com muito talento em todos os estados do Brasil,inclusive na midia.Tratem de respeita-los aonde esta a educacao de voces???????
    Sou de Minas Gerais e aqui temos a educacao de receber tanto nordestinos e curitibanos,mas se for necessario teremos preferencia pela primeira opcao,pois optamos por ser educados.

    Curtir

  61. Sao Paulo… nunca me esquecerei a viagem que fiz… a entrada da cidade é uma visao do inferno, lotada de autodoors velhos, sujos, rasgados em meio á paisagem cinzenta do céu, ar poluído e prédios decadentes…. muito lixo nas ruas, gente de todas as idades nas ruas esmolando ( bom, isso tem em todas as cidades brasileiras ) e só tive uma boa impressao quando cheguei aos Jardins para ser recebido por amigos, a casa deles é dentro de um confortável condominio super-ultra-fechado-seguro claro… entao paulistas, peguem leve ao meter pau em Curitiba. Quem tem telhado de vidro nao atira pedras no do vizinho! ah, se vc nao sabe, o Paraná é o maior celeiro desse país chamado Brasil: lembra disso quando for comer seu paozinho no café da manha. Hehehehe esse povo

    Curtir

  62. Esse minerinho ou será mineirinha? que postou um jornal acima é uma comédia! e como fala hein! diz que nao tem problemas de comunicacao nos E.U.A ( falam inglês eu suponho ) e ainda cita algumas cidades brasileiras ( falam português eu suponho ) no entando julga os Curitibanos “atrapalhados”, entretanto quem se atrapalhou aqui foi você, deve ser porque falamos Curitibanês nao é? kkkkkkkkkkkkkk mais uma coisinha: os Curitibanos nao precisam se rebaixar, nem mesmo se justificar a ninguém. Você é que falou, falou e nao disse nada !

    Curtir

  63. Gente !! estou incrível pelo comentários postados sobre esta cidade, sou de Maceió-Al uma cidade extremamente acolhedora principalmente aos curitibanos que vem aos montes para cá, cheguei a conhecer alguns que me mostram uma simpatia que me fez assustar com os comentários aqui, de fato como muitos escreveram acima por ser aventureira estava a pensar em passar uns meses morando nesta cidade onde pelos nativos me foi muito bem requisitada, mas de fato lamento e deixo desde já a minha duvida quanto a ir para ai.
    triste muito triste mesmo:(

    Curtir

  64. A cidade que me deu mais felicidade e prazer em viver foi Curitiba, nome indígena segundo me contaram. Que saudades das manhâs com o ar geladinho e fresco… saudades do cafezinho com amigos e tudo mais. Um dia eu voltarei! Bjos Curitiba, amo essa essa cidade linda

    Curtir

  65. Conheci CTBA em 2000 e morei lá por 4 anos, show de bola, de vez em quando volto pra matar a saudade de uma cidade sem frescura, sem neguinho babando ovo só de quem tem muito……mas…Curitiba mudou, ficou mais violenta, mais barulhenta, pior, e a causa disso é esse monte de Carioca que inventou de ir morar lá, depois da invasão do morro do alemão no RJ então, ai danou-se tudo, parece que foi tudo que não prestava para CTBA, ta na hora de mandar esse povinho embora dai, e ficar realmente só quem gosta de CTBA, uma cidade onde, quando eu morei, tinha o melhor padrão de vida do BRASIL, Curitibanos eu não moro mais ai(INFELISMENTE)mas mandem embora esse povo que só gosta de zueira, som alto, sujeira, transformem de novo CTBA numa cidade onde se possa dizer”TENHO ORGULHO DE SER CURITIBANO”, eu vou voltar ainda a morar em CTBA,espero que quando isso acontecer tenha, a cidade voltado a ser a minha CTBA, abraço a todos os Curitibanos que realmente gostam de CTBA!

    Curtir

  66. Moro em Curitiba desde março de 1977 e vi esta cidade passas por diversas fases em relacão ao trânsito que só tem piorado, em relação ao clima que está cada vez mais quente e em relacão as pessoasem que estamos nos transformando cada vez mais em uma metrópolis com os mais variados sotaques, culturas e forma das pessoas se comportarem. Curitiba é como qualquer grande cidade brasileira com seu problemas e soluções, porém com qualidades insuperáveis como limpeza, arborização, calsse média forte, comércio e serviços fortes, inovações na administração pública etc.

    Curtir

  67. sou paranaense do interior de foz do iguaçu para ser mais exato e negro e hoje vivo em aracaju no sergipe e posso afirmar que todos esses comentarios sobre curitibanos e paranaenses nao se comparam as coisas aqui do nordeste e dos nordestinos que sao os primeiros a serem grosseros ignorantes sem contar que cheiram mal estao falando de curitibanos e paranaenses mais nao olham pro seu proprio rabo nunca fui mal tratado em curitiba qndo precisei de pedir informaçao ao notarem que era eu do interior me trataram com o mesmo respeito que eu a eles portanto se querem amabilidade primeiro seja amaveis agora qndo eu me perdi aqui em aracaju fui pedir uma informaçao e alem de me mandarem pra um lugar escuro de trafico quase morri e agora quem sao os frios e quem sao os antipaticos sergipano e nordestinos vcs sao a vergonha do brasil se nao gostam de paranaense e de curitibanos deem o fora dai e descontaminem minha capital a catinga que vcs emitem simm deixa as coisas ai caotiAS

    Curtir

  68. Sou mineiro (triangulino). Não moro aqui, estou como turista e fiquei impressionado com o respeito das pessoas. Lugar ótimo. Não achei nada disso no trânsito (ser ruim). E as pessoas serem reservadas é uma vantagem, poi também são gentis e educadas. Já estive em SP e RJ, com péssimo trânsito e muito mendigos e assaltantes. Parabéns curitibanos e curitibanas. Adorei sua cidade.
    Angelo.

    Curtir

  69. Curitiba, morei 20 anos, detesto a cidade, o povo!
    Tenho nojo desse cú de cidade, por mim os curitibanos podem enfiar cúritiba no cú!

    Terra imbecilóide,….curitibano…povo de olhar bovino…

    Peguei um avião e mandei trazerem meu carro para Porto Alegre em um caminhão, tudo para não por meus pés nesta MERDA de cidade!

    Curtir

  70. Ao idiota acima: sabe qual a diferenca entre uma árvore e um gaúcho? é que a árvore demora anos para engrossar enquanto que um gaucho já nasce grosso! olha aqui babaca, boca suja e podre: vai tomar bem no olho do se cu vc! que bom que já vazou, a cidade precisa mesmo estar desinfetada dessas bactérias!

    Curtir

  71. Bom estou bem assustada com os comentario mais vou morar em curitiba estou procurando casa pra alugar com meu marido… fiquei alguns dias ai e adorei, o clima tambem é meio doido né quando não é 8 é 80..As pessoas achei bem educadas, pois moro em são paulo, e acredite não cabe mais ninguem aqui, e as pessoas já estão bem estressadas…. bjs .. DJ

    Curtir

  72. AFF..
    Que Migue..
    Curitiba não tem “Pobreza Cultural”..
    Moro Aqui a 10 anos e nunca vi ninguém se queixar disso..
    A não ser q venha uns Paulistanos Etc…Q só sabem reclamar.. AFF

    Curtir

  73. Sou carioca, tenho parentes cariocas que moram há mais de 10 anos em Curitiba e nunca tiveram problemas. No inicio talvez sim, mas agora tem uma vida estabilizada, amigos SIM, vão na casa dos amigos, os amigos vem na casa deles. Normal gente. Você não pode querer encontrar alguem no onibus e que aquela pessoa seja seu amigos istantaneamente.

    Sou louco por Curitiba. Fui pra lá pela primeira vez com 14 anos e desde então vou sempre pelo menos 1 vez a ano. Minha pretensão é me mudar para morar com parentes assim que terminar a faculdade, porque o mercado na minha area lá é bem aquecido (TI). Gosto muito do Rio de Janeiro, mas pra morar Curitiba supera e muito.

    Curtir

  74. Nasci, cresci em Curitiba… O problema não é Curitiba e sim quem vem para morar aqui. Conversa fiada não é com a gente. Desculpe se isso choca, mas eu não te conheço vou falar somente o que você me perguntar, ou seja, não espere que ao fazer uma pergunta para a gente você vai receber uma resposta quilométrica igual a que recebi de um nordestino na minha viagem para a alagoas. Não posso ser seu amigo de infância, pois eu estou vendo você pela primeira vez.

    AMOOOO CURITIBA…
    A CIDADE DA GENTE.

    E por favor parem com o “leiti quenti da dor di denti” Tem um E no final de cada palavra. “leitE quentE da dor dE dentE”

    Curtir

  75. Tá faltando amor no coração das pessoas. Onde há amor, há respeito, atenção, carinho, gentileza, solidariedade, paciência. Não há espaço para preconceito ou qualquer sentimento de superioridade de quem quer que seja. Uma pessoa por mais antipática que seja e venha da onde vier certamente sucumbirá ao poder do amor. Feliz 2012.

    Curtir

  76. Sou Cearense, morei 2 vezes em curitiba, em anos bem diferentes e acho que a maior diferença entre todas as pessoas é cultural, pois se eu sou falante demais e em minha cidade todos são, existem lugares que são diferentes, e isso não quer dizer que são melhores ou piores não, quer dizer que devemos nos adaptar as diferenças culturais que enriquecem tanto nosso país. deixo uma história para todos…

    Havia um homem sábio que ficava na divisa de sua cidade esperando pessoas novas que estavam se mudando para lá.
    Viu um homem chegando que lhe perguntou: Como são as pessoas desta cidade? O que posso esperar daqui?
    O sábio, então, respondeu: Como são as pessoas da cidade onde você morava?
    Ele responde que são pessoas de difícil convivência. Egoístas, orgulhosas, interesseiras, insuportáveis. Diz não ter amigos lá.
    O sábio diz ao homem que ele encontrará naquela cidade o mesmo tipo de pessoas. É isso o que ele pode esperar.
    Chega outro homem na cidade e pergunta a mesma coisa ao sábio:
    Que tipo de pessoas encontrarei nesta cidade? O que posso esperar daqui?
    A mesma pergunta é feita: Como são as pessoas da cidade onde você morava?
    Ele responde: São pessoas de fácil convivência. Amigas, sinceras, amorosas, pessoas que gostam de ajudar. Têm, como eu, seus defeitos mas, sei que tudo na vida faz parte de um processo e não estou aqui para julgá-las. Sinto Deus em cada uma delas. Tenho muitos amigos lá.
    O sábio, responde: O mesmo tipo de pessoas você encontrará aqui. É isso o que você pode esperar.

    Curtir

  77. Adorei este blog, me respondeu a um apergunta que me fiz esta madrugada: sera que vou morar em curitiba ou na Chile? Claro que vou morar no Chile! Curitibano é arrogante mesmo e nao é nada. Você tem toda razão, a unica vez que estive la foi um triste vazio. Chega, Xô Curitiba, so volto ai quando os curitibanos mudarem dai ! Obrigada amigo.
    Grace

    Curtir

  78. o protesto dos curitibanos é valido, mto do que há d ruim em curitiba foram trazidos por gente d fora. sou paulista mas adoro curitiba que é realmente, apesar das “desvantagens” uma das melhores cidades do brasil.

    Curtir

  79. É muita cara de pau. Lugares reservados aos idosos e deficientes, devem ser respeitados. Você não fez nenhum favor em ceder o lugar para as idosas e mal educada é você, que não tem um pingo de respeito pelos mais velhos.
    Essa é a típica curitiboca, que ficou o dia inteiro em cima de saltos altos (coitadinha) e se acha no direito de burlar uma lei federal (Estatuto do Idoso) e ainda achar que está certa.

    Curtir

  80. Até os americanos, que são considerados frios, são mais gentis, educados, comunicativos e simpáticos, do que os curitibanos. Quando morei nos EUA, estranhei o fatos das pessoas conversaram com estranhos, pois para os curitibocas, todos os que não são da sua TRIBO, são estranhos e devem ser tratados como seres inferiores e indignos de confiança. Mesmo que esse estranho, esteja há anos luz desse curitibano, em termos, de inteligência, cultura, caráter, educação e postura.
    Esses dias (como sempre acontece), ao perceber o meu sotaque, perguntaram de onde eu era e eu respondi: do BRASIL…como você.
    Sobre a origem do nome Curitiba, ritiba é um nome indígena e significa: do mundo e cu, todo mundo sabe o significado, logo, Curitiba, significa Cu do Mundo.

    Curtir

  81. Bom dia. Gostaria de comentar sobre minha experiência em Curitiba. Minha primeira viagem foi em julho/agosto de 2002, tive um grande impacto com o frio que fazia,já que infelizmente moro no Maranhão (terra do Sarney). Fui a um encontro de estudantes de Arquitetura, e fiquei maravilhado com a existência de parques (São Lourenço, Tanguá, Barigui, Passseio Público etc), espaços estes, destinados ao lazer e ao bem estar do morador, estes itens não existem em minha cidade São Luís, aqui o poder público não atenta para ao lazer e prática de esportes. Acho que é uma bela cidade, estou programando mudar para lá….É um bom lugar para criar os filhos, quanto ao relacionamento interpessoal, acho que dá para compensar com outras coisas. Bom, de fato, acho que há problemas nesta cidade, afinal é Brasil, entretanto os cidadãos cobram melhorias, o que já é um grande passo no processo democrático. No Maranhão, isso não ocorre, as oligarquias aqui presentes, iludem o povo com falsas promessas e, quando estão no poder, nada cumprem, ou então fazem de qualquer jeito….É uma pena, temos um grande potencial….mas muita gente burra e gananciosa aqui…Não adiante sermos calorosos e não termos a qualidade de vida que é proporcionada ai…Abraço

    Curtir

  82. Pior que viver em Curitiba é MORAR em Curitiba! Porém acredito que não seja só aqui que as pessoas “enfiam a faca” no pessoal que vem de fora fazer a vida aqui, mas tá ficando cada vez mais difícil encontrar um lugar decente por uma valor que não esteja exorbitante! No mais, a gente se vira! Mari

    Curtir

  83. A quem possa interessar, saibam que a agressão e desrespeito a pessoas de diferentes regiões do mesmo país também são consideradas crimes de ódios. O termo técnico usado para tal discriminação ainda não foi estabelecido, já que xenofobia, teoricamente, é a aversão apenas a estrangeiros (em certas ocasiões esse preconceito é nomeado como bairrismo, porém essa não é uma nomeação técnica). A ocorrência da segregação e desrespeito a pessoas do próprio país – provindas de diferentes regiões – é freqüente. Esse tipo de desmoralização, fruto de preconceito cultural e etnocentrismo, é grave e deve ser denunciada. Como identificar? muitas vezes o preconceito não é mostrado claramente, podendo parecer uma espécie de brincadeira, porém é de essencial importância entender a atitude xenófoba como uma séria ofensa, mesmo quando não realizada de forma direta.
    Como age o(a) agressor(a):
    • faz comentários desrespeitosos sobre o povo, a cultura e o local em questão;
    • busca inferiorizar os costumes, as tradições e as pessoas;
    • ridiculariza o sotaque da vítima;
    • acusa o imigrante de atrapalhar a vida no local em que hoje mora;
    • ironiza o tipo físico do imigrante;
    • compara seu local de origem com o da vítima, ridicularizando-a;
    •considera a vítima inferior intelectualmente devido à sua cultura

    Mais cuidado com certas palavras…

    Curtir

  84. eu sou argentino ya me falaron que agente de curutiva es antipatica,,,,mia opinion e que eu ayo que no brasil a educacion e a saude son muito pobres ,,y a consecuencia de isso faz gente poco inteligente que no sabe interactuar con otras pessoas de forma costrustiva pra sua propia vida

    Curtir

  85. Sou Curitibana com muito orgulho, sei que Curitiba tem os seus defeitos, mas tbem tem qualidades incriveis…

    Uma vez fui a SP, e fiquei chocada com tanto lixo nas ruas, a cidade fede, e ainda assim tem muitos paulistas falando mal de Curitiba..

    Não sou antipática, mas tbem não sou para-quedas para ficar me abrindo para qual quer um…

    ah e muito obrigada por falarem mal de Curitiba, pq assim talvez muitas pessoas desistam de vir para cá…

    =D

    Curtir

  86. Vc não assiste tv local por isso é ignorante, curitiba está queimada no cenario nacional por isso não ganhou a copa,alias não adianta falar a verdade sobre curitiba pois os curitibanos são que nem os pastores fazem lavagem cerebral nas pessoas,
    a não assumem nem diante de tortura a real situação.VIVA OS CURITIBOSTAS.

    Curtir

  87. Vc é a mulher mais FDP do pais é só acompanhar nas edições do BBB, Em são paulo tem mais lixo porque consumimos mil vezes mais que vcs que não ganha nem para comer nesta cidade que não corre dinheiro só drogas, Curitiba fede mais que sp, e o fedo e de drogas, aliais vc já foi no canal belem…

    Curtir

  88. Nunca levei toco de curitibana por que sempre apresentei o dinheiro na mão, curitibana é tudo dinheirista interreseiras. Eu nunca fiquei com curitibana por nojo mesmo não porque levei toco.

    Curtir

  89. Sou catarinense, já conheci Porto Alegre, Sorocaba, Ribeirão Preto, Uberlândia e BH.
    Excelentes cidades, moraria tranquilamente em qualquer uma delas: bonitas, acolhedoras, organizadas, limpas, evoluídas, bem administradas e o principal, povo simpático e educado, do bem.
    Não conheço e nem quero conhecer a “maravilhosa'(?) capital do PR. Credo!

    Curtir

  90. ah eu morei em dois estados dos USA,em 3 cidades diferentes…sou carioca,vivi em varias cidades do Rj,em varios estados do Brasil,estou acostumadissima a me “adaptar” a novas cidades e não vi isso tudo de ruim q disseram em Curitiba.
    Olha,a impressão que tenho é que são deprimidos,fato esse perfeitamente explicado pelo clima.No mais se você falar uma bobagem qualquer com alguem e não receber um sorriso,ainda pode insistir;puxar conversa e vai ganhar um diálogo inteiro,não é mesmo?
    São reservados de fato,mas tambem não tratam ninguém mal.(só aqueles que trabalham no borralho kkk)
    Eu gosto muito da cidade.Converso com que eu sinto vontade e nunca me senti sequer desconfortavel.Enfim,alguns de voces se fossem viver nos Estados Unidos iriam se surpreender bastante.
    Eu acho legal mesmo citar é a mulherada feeeeia com os caras mais gatos,é surreal!São arrumadas mas são bem feias,brancas demais,com aqueles traços feios,corpos feios.E as mais gatas estao sempre coladas é nos coroas.Comum ver garota de 21 anos casada com alguem q tem idade para ser seu pai!Morando em uma linda cobertura na 7 de setembro e dirigindo carroes do ano hahaha
    No mais,posso dizer que tudo é até muito comum.

    Curtir

  91. Sou CURITIBANA, mas, nasci em Minas Gerais. Desde meus três anos vivi em Curitiba. Tenho amigos e família. Cresci entre o japinha e o alemãozinho na escola. Aprendi com eles, CURITIBANOS COMO EU, a respeitar as diferenças.

    A acusação de que a cidade é preconceituosa não procede. Somos uma cidade formada por grande variação… Italianos, alemães, japoneses, ucranianos, poloneses…

    Curitiba é um lugar onde a CULTURA dos povos é respeitada. É um lugar onde quem sabe respeitar, ser honesto, e manter o patrimônio publico limpo ganha confiança e faz amigos..
    OPA, mas, esse é o segredo, pra ser aceito na sociedade curitibana tem de ser HONESTO, tem de RESPEITAR, tem cumprir regras. Senão.. ah, senão vai encontrar um povo antipático e briguento.

    Curtir

  92. você conhece Campina Grande/PB?! Sou paulistana e fiquei 11 meses lá a trabalho, quase pirei!!!! O povo passa por cima de você, mas não pede licença. No atendimento no restaurante, o garçom olha pro teto (olhei tb p/ ver se tinha algo interessante, mas era assim em todos os restaurantes). As pessoas p/ te chamarem no portão não tocam a campainha, tocam a buzina até alguém atender. O povo conversa de um jeito que a gente pensa que o povo vai ' se pegar de porrada'. Ah, e tudo mofa no inverno (chove e faz calor pra caramba). Mas o custo de vida é baixo e tem 3 grandes universidades públicas.
    Hoje moro em BH/MG, povo gente boa demais da conta sô, apesar de tirarem o barato do meu sotaque. E quero morar em Curitiba daqui a 3 anos. E depois de morar em Campina Grande, eu moro até no Afeganistão.

    Curtir

  93. Bom dia meu nome é Rodrigo sou de Brasília e por causa do meu trabalho terei que morar em breve na sua cidade, e de todos os comentários tenho certeza que o seu foi o mais coerente e consistente, com isso fiquei mais tranquilo em relação a cidade de Curitiba. obrigado

    Curtir

  94. se acham que curitiba é ruim, façam uma viagem à joão pessoa na paraíba, fiquem aqui um mês, se vc. não quer ter amigos, se quer ter depressão e se não quer namorar venha para cá, se quiser ser enganado também…se iguala a todos os comentarios ruins que se faz de curitiba, aqui é 10 mil vezes pior que Campina Grande reclamada acima, lá é um luxo meu bem!!! mas é tudo planeta terra, lugar lindo e mal habitado…tô chocada com a falta de calor humano do chamado povo tão caloroso do brasil. To indo conhecer melhor curitiba para fazer um doutorado, saí de brasília para fazer um mestrado em João pessoa e tô indo embora daqui porque minha linha de pesquisa foi extinta,numa boa, espero tudo de bom de curitiba, mesmo com esse panorama que pintam!

    Curtir

  95. eu sou paulista e sinceramente odeio são paulo, é tudo isso mesmo q vc disse, um lixo, um inferno, gente mal educada então, nem se fala, aqui o que não falta é gente arrogante, prepotente, bom dia então aki não respondem ao seu…Estou pensando seriamente em ir embora para curitiba, pois ouço falar muito bem de lá..todos tem sua opinião em relação aos lugares, mais acreditem são paulo é otimo para ganhar dinheiro, mas vc vive tanto tempo no transito que acaba não tendo tempo de gastar seu dinheiro com qualidade.

    Curtir

  96. Curitiba é igual a qualquer outra cidade do Brasil, nem melhor nem pior.
    E lembrem-se….quem faz o lugar e o ambiente somos nós…se liga galera!

    Curtir

  97. Discordo do comentário que fala que a ciclovia no Recife é pra turista ver. Nada disso, é para a elite que mora nesses respectivos bairros usufruirem. Beira Rio, Boa Viagem. Acho incrível como Jaboatão perdeu uma parte da orla de piedade, onde hoje é o hotel marisol a água do mar chega junto. Também, a prefeitura foi deixando enormes edifícios serem construídos, nem cooper e hoje o mar avançou lá e tem água batendo no muro dos edificios. ainda tem besta que compra caro.
    um bairro que teve algum planejamento de jaboatão é Candeias, igualmente a piedade, o mar avança, bate em prédios e tudo caríssimo. difícil encontrar abaixo de 200 mil um ap.
    Recife é uma cidade linda, pessoalmente eu creio morar na Rua da Aurora é um privilégio. tem pista de cooper, é beira rio, da pra ver o mar e tem uma vista linda dos prédios antigos, pontes, bem central, perto de tudo.. Outro bairro que vai crescer é em São José,(antigo recanto de maltrapilhos e drogados que foram expulsos) vista é do Rio e do mar. sem a salinidade do mar, mas arejado….
    Quem é estudante, prefere morar na cidade universitária ou várzea, muito bem servida de todos os tipos de serviço: restaurantes, bla bla ..mas ilhada pelo trânsito da caxangá- o nome já diz: Várzea de rio, o terreno é plano e atrás da av. afonso olindense é o Rio Capibaribe. Se der cheia, tchau UFPE, e tchau casinhasss caras.

    Curtir

  98. Recifense briga no trânsito, buzinam por tudo. Aqui é Guerra! o povo passa na sua frente nas filas, a polícia desapareceu. Faz tempo que ue não vejo guarda de trânsito pra multar.
    Aqui ser errado é o certo. Se a pista é de 80 e você tiver em 80 o caminhão, o fiat derrubado quer passar por cima!! Ô INFERNO.
    melhor sair cedo de casa e evitar essas almas sebosas (expressão que quer dizer: pessoa cujos atos são desvinculados da lei ou ética.)

    Curtir

  99. olá também estou pensando seriamente em me mudar para Curitiba na cara ,coragem e pela fé pois sou uma mulher separada e não tenho profissão formada,mas já estou cansada de tentar,tentar e nada.Ah e quanto a local ruim ou se é bom , ou se as pessoas irão gostar isto vai de nós mesmo muitos usam seus erros para culpas outros.Negro é orgulho eu não seria nada em a sua genética.O que mais amo em Curitiba que só vi por televisão são as casas germânicas meu sonho de consumo. Será que lá consigo emprego fácil?

    Curtir

  100. Me tornarei uma cidadã de Curitiba em Dez e ficou um pouco preocupada ao ler este artigo. Mora em Jaguarína/SP e é claro que aqui tem muitos problemas apesar de ser a 5a melhor cidade para se viver no Brasil. Sem contar que faz bastante calor, o que me agrada bastante. O que me preocupa msm é o frio e a hospitalidade curitibana, moro em uma rua que as crianças ficam bricando nas calçadas…
    Mas como foi dito em algum comentário, os ventos estão me levarando para Curtiba e é pra lá que vou… COM MUITA SORTE!!!!

    Curtir

  101. Então não volta!! não faz falta e nem diferença para nós! Esse cidade ta virando uma mer… pq tem muita gente de fora, a uns 40 anos era melhor! Só tinha curitibano de verdade!

    Curtir

  102. Quem fala mal dos motoristas de Curitiba nunca foram pra São Paulo, la o povo não passa pq não sabem sair do lugar com o carro, nunca foi para Salvador, se vc dobrar a velocidade máxima permitida buzinam e te chamam de lesma, nunca foi pro Rio de Janeiro, que os motoristas não distinguem calçada de rua… Todos tem problemas no transito, o curitibano só tem menos pq dirige melhor!

    Curtir

  103. Huahuhauhau. Curitiba é mais limpa que São Paulo! Fato! Temos lixeiras espalhadas por todos os lugares e ruas, e adivinha? Se vc ver alguém jogando lixo no chão pode ter certeza, não é de Curitiba. O curitibano, quando gera algum lixo (bala por exemplo) se não tem uma lixeira por perto, guarda seu lixo até encontrar uma lixeira! Quanto as drogas, bem, isso é um problema a nível Brasil, e a cracolândia de São Paulo ta muito mais na mídia que os drogadinhos de Curitiba! Agora, vamos comparar o canal Belem com o Tietê?

    Curtir

  104. Se eu for na sua casa e jogar lixo no chão, bater no seu cachorro e falar mal da sua mãe, com certeza vc vai brigar comigo! Curitibano respeita quem o respeita!

    Curtir

  105. Esse post está dando muito o que pensar e o que falar! Sou de Brasília, já morei em Porto Alegre, Barcelona e agora moro em Berlim! Aqui estou juntado (em breve casado) com uma húngara. Minha vontade de voltar para o Brasil está crescendo, mas dado que voltaria junto com a minha mulher, estamos cogitando ir para Curitiba – o que diminuiria o choque cultural para ela – como hungara residente na Alemanha…

    Acho que algumas das criticas levantadas nao seriam nenhum problema para nós – para quem está acostumado com a simpatia dos alemaes, os curitibanos sao provavelmente uma flor de pessoa! O que pode sim, ser um mau sinal é se o transito funciona mal e as ciclovias sao inexistentes! Isso sim, seria uma enorme perda de qualidade de vida (que aqui é nota 10).

    No mais, otimo post!

    Curtir

  106. Já morei em capitais como Manaus, Fortaleza, Goiânia e Porto Alegre. Sou natural de Porto Alegre e respeito muito este valoroso povo que trabalha no estado e fora dele, como no MT, RO e em outros Estados. Se não fosse pelos paranaenses principalmente, cidades como Colíder, Sinop, Nova Monte Verde, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Mutum, Primavera do Leste dentre outras, só para falar no MT. Povo realmente trabalhor, sério e responsável. Certamente não é “festeiro” como o povo de outras regiões´, pois no Paranã o “buraco é mais embaixo”, se questiona, discute e os desmandos e maracutais não são jogadas por debaixo do tapete. Realmente a mídia nacional só veicula SP, RJ e a BA, este último estado, ressaltado em prosa e verso pelo carnaval e folclore que não contribui em nada com o desenvolvimento do estado. A diferença do sotaque curitibano em relação aos outros 27 povos brasileiros é que no Paranã e em particular, Curitiba, as palavras são pronunciadas totalmente, sem supressão, integralmente, sendo que, principalmente no nordeste e centro-oeste as mesmas são cortadas pela metade. Vocês que criticam Curitiba, já repararam no capricho das ruas, da limpeza que dá gosto até de comer nas ruas, típica cidade européia, e aquele friozinho fantasticamente agradável, aconchegante, que predispõe a um vinho, uma pizza e um papo inteligente sem muita farofagem, música em alto tom como em certos lugares do Brasil em que os “intelijumentos” acham que são donos do pedaço, aliás em Curitiba existe um dos melhores sistemas odontológicos do pais, além de salões de beleza altamente sofisticados. Realmente, os paranaenses são diferentes. Resido há 17 anos em Goiânia-GO, vivi 7 anos em Manaus e 4 anos em Fortaleza. Nasci em Porto Alegre, RS e vivi nesta capital durante 27 anos, conheço grande parte do norte, nordeste e pelo menos 40% do centro-oeste.

    Curtir

  107. Genteeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!! querem conhecer maravilhas, que venham para a cidade maravilhosa, com bairros exuberantes como: Madureira, Vigário Geral ou Pavuna. O povo então nem se fala, calorosamente mal educado, trapaceiro, corrupto, mas, cheio de calor humano. Nosso trânsito… o que dize… já fiz o aéreo Rio-Curitiba em 50 minutos, porém levo duas horas e meia de casa ao trabalho (40 Km). Enfim, bom mesmo é morar no RJ, serviço de saúde nota 10! chega algum infartado no hospital estadual e, o DR. simplismente não larga o bigbrother pra atender o enfermo. Os alunos da rede pública de ensino saem do ensino fundamental sem sequer saber interpretar um texto ou concluir uma questão de raciocínio lógico. Mas o que importa mesmo é o calor humano!!! Temos aquele calorzinho dentro de nós que nos faz puxar o tapete do nosso próximo para subir mais um degrau, para achar que é favor quando um cliente ou contribuinte se dirige a um setor público ou privado apenas para exigir o que manda a lei! Bom convido a todos a conhecerem essa maravilha antes de falar de qualquer outro estado da federação!!! Ah! esqueci de dizer… sou carioca da gema!

    Curtir

  108. sou paulista, moro em curitiba e vou dizer uma coisa, o povo é frio como o clima. A cidade já não é tao limpa assim, mas é bem mais limpa que são paulo.
    Agora imagina só, a cidade sem ninguem de fora aqui, ia virar uma roça. Outra, SP tem o maior PIB da América do Sul, o que seria de curitiba sem poder negociar com os paulistas! Tem que lembrar que São Paulo é que carrega esse país nas costas! E foram os paulistas que trouxeram desenvolvimento para esta cidade, é só olhar pelas construtoras que estão aqui, entre outras empresas, que negociar com curitiba é tão complicado de tão burocráticos e amarrados que eles são! pode ver que curitiba cresceu despois que chegamos, antes era conhecida como uma cidade provinciana, lembram?
    Os curitibanos poderiam ser mais amigaveis, mais negociáveis, mais abertos ao invés de ficar morando numa casinha velha de madeira, só para andar de carro importado e comprando roupa cara, ainda falar que tem cultura. Eu heim?

    Curtir

  109. Fabiano, com todo respeito… diante de tudo que disse aqui, o que ainda faz em Curitiba? volte para Sampa por favor, aqui realmente nao é seu lugar, também nao me parece educado falar mal de um lugar onde vive e ganha seu pao de cada dia, outra coisa: casinha velha de madeira? pode até ser mas é bem melhor do que as favelas que vi ao chegar em SP, aquilo sim é digno de pena nao acha? O Paraná é o celeiro do Brasil querido, lembra disso quando for comprar seu paozinho de manhâ, ok? amigáveis somos mas nao damos confianca para qualque um…

    Curtir

  110. Todo brasileiro(a) deveria passar uma temporada fora do Brasil para voltar com a mentalidade bem diferente do que isso que vemos por aqui. Aprender que NENHUM estrangeiro fala mal da sua própria terra, sejam eles de que regiao forem pois o princípio é esse: respeito! olha esse blog, cada comentário que dá vontade de vomitar… sao brasileiros que discriminam os próprios conterrâneos e ainda querem ser respeitados lá fora? Ê Brasileirada…

    Curtir

  111. Quem morou ou mora em Curitiba, não quer mais outro lugar….principalmente pela limpeza e organização! que adianta ser caloroso e viver em um lixão???
    Brasil pra mim é Curitiba!!!

    Curtir

  112. Acho muito engraçado essas coisas, morei em vários lugares e até no Exterior, vivo em Curitiba a mais de 30 anos e não vejo nada do que dizem…..eu sou curitibana e sou educada sim senhor, dou bom dia pro motorista do ônibus, seguro sim a porta do elevador e etc etc….
    Fui para Salvador e achei horrivel….cadê o povo acolhedor e simpático, não vi NADA disso, comprei acarajé com uma baiana extremamente amtipática e esnobe…assim que prefiro mesmo a “frieza do curitibanos”

    Curtir

  113. Eduardo…venha para Curitiba que é mais proximo que vai ter da Europa sim, claro que SC e RS tbém, mas como não conheço muito não posos falar. E tem toda razão perto dos europeus somos uns amores, srrs

    Curtir

  114. Eduardo, nao temos como comparar a realidade de nenhuma cidade brasileira – incluindo Curitiba, com a infra-estrutura que a Alemanha oferece. O ideal seria vocês passarem um tempo no Brasil e ver se é realmente isso que desejam, pesar os prós e os contras para depois decidirem e nao se arrependerem. Olha que você já citou 2 problemas além de estar contaminado com a idéia pré-concebida de que os Curitibanos “nao sao flor que se cheire”, etc ah… puro clichê amigo, os “lemonsinhos” também nao sao o que dizem por aí, pelo menos as pessoas com quem eu me relaciono sao bem-humorados, gentis e adoram música brasileira, haja visto o talentoso André Rie e sua orquestra tocar “ai se eu te pego” rsrsr Moro na Alemanha e sou de Curitiba, e aí? me achou marrenta? Abracos fraternos para você e sua amada

    Curtir

  115. Ora vejam, a carioca dizendo que as Paranaenses sao feias e ainda nos chamou de interesseiras, deve ser porque no RJ só tem santa kkkkk já que o RJ continua lindo nos faz um favor querida: volta pro mar OFERENDA!

    Curtir

  116. Também não achei o povo de Curitiba mal educados não, apenas os taxistas que quando percebem que a pessoa é de fora, gosta de ir para o caminho mais longo, mas ok, acho que quase todos de cidades grandes fazem isso, mas em um todo, fui bem tratado, ou pelo menos normal. Já comprei acarajé com uma baiana nojenta também, podre de estúpida e grossa.

    Curtir

  117. DESISTI DE IR ..LEMBREI QUE CONHECI UM CASAL AQUI NO ESPÍRITO SANTO..FIZ DE TUDO POR ELES,UM DIA NUM CHURRASCO EU MINHA ESPOSA E OS DOIS,ELA FAZENDO CROCHÊ ,MINHA MULHER COZINHANDO,EU FAZENDO CAIPIRINHA PRA ELE…O CARA DEIXOU A CARNE QUEIMAR,NÃO SEM ANTES TER COMIDO O PRIMEIRO BIFÃO ELE E A MULHER.MANDEI QUE SE FOSSEM NA MESMA HORA..NUNCA MAIS VI..LEVARAM UM TRIPÉ DE TELAS QUE EU LHES HAVIA EMPRESTADO….ATÉ QUE A GRANA É BOA PRA IR MAS DESISTO!DEPOIS DESTES DEPOIMENTOS….

    Curtir

  118. MUITO BOM TER TODOS OS TIPOS DE OPINIÕES…EU PARTICULARMENTE NUNCA TIVE PROBLEMAS COM NENHUM POVO,O MUNDO É DE TODOS E É MUITO FÁCIL VIVER QUANDO SE RESPEITA O MODO DE VIDA DE CADA UM..O BÁSICO DA VIDA:RESPEITO,HONESTIDADE,HUMANIDADE ESTÃO EM TODA PARTE…VOCE ENCONTRARÁ O QUE BUSCA SE PARAR DE QUERER QUE TODOS SEJAM IGUAIS A VOCE E APRENDER A APRECIAR A BELEZA DE TODO SER VIVENTE E AS DIFERENÇAS DAS COMUNIDADES DA TERRA…QUANDO SE TEM CONTEÚDO OS SERES SE APROXIMAM PARA APRECIAR A FONTE…SEJA UNIVERSAL!RI,FIQUEI TRISTE,SENTI PENA,NOJO,GRATIDÃO,ORGULHO…SÃO PESSOAS QUE SENTEM E FALAM…ENQUANTO PALAVRAS … BELEZA PESSOAL….

    Curtir

  119. Meu irmao saiu de Sao Paulo em 2008 e foi morar em Curitiba pois conseguiu emprego na Electrolux. Ele continua la mas ainda nao adaptou muito com o frio, onde mora e algumas pessoas. Ano passado tive que ir em Curitiba para interna-lo pois se envolveu com drogas pesadas e conversando com a Terapeuta, conclui que ele esta bem sozinho e com muita depressao pois nao tem tantas amizades por la. Sempre ligo pra ele porem parece nao ser suficiente. Ele permanece trabalhando na mesma empresa, continua ativo mas sei que esta oco com um processo depressivo. Ja pedi ue voltasse para Sampa porem nao quer deixar a empresa pois tem um cargo de confianca (?)

    Voltando no assunto da cidade, eu acho a cidade bonita, diferente de outras do BRasil – logico que tem seus problemas como qualquer cidade; achei o povo que conversei, perguntei, ri, chorei, bem educado e realmente bem diretos na conversa – sem lero-lero como dizemos aqui em Sao Paulo. Eu sou uma pessoa que consigo me adaptar em Curitiba, porem acredito que Curitiba nao e para todos. Se nao gosta da cidade, fique por fora. sobre meu irmao, nao vejo beneficios a ele de ficar e pretendo fazer uma intervencao para que se interne em uma clinica para deixar de usar drogas ilicitas e remedios.

    Curtir

  120. Sou estudante de Direito, tenho 30 anos e estou para me formar no fim deste ano. Meu noivo é engenheiro e conseguiu uma boa oportunidade de trabalho em Curitiba o que favorece seu estabelecimento na cidade. Não conheço Curitiba nunca fui ao Sul, mas sei que no Brasil as diferenças inter- estaduais são muito mais relevantes no que no resto do mundo, de modo que fico insegura ao saber como seria meu processo de adaptação.Se for importante ressaltar sou mulata clara como se diz por aí emeu noivo branco, sei que o preconceito parte de algumas pessoas em qualquer lugar, mas também acredito que tem muito mais haver com a maneira como você se posiciona com relação aos outros do que propriamente a origem étnica. Aqui nunca fui vítima de nenhuma ofensa.

    Meu nível intectual é bom, gosto de leitura, curto uma boa música e acredito que isso amenizaria a possível falta de amizades no começo.

    Minha cidade fica à 60km da capital Belo Horizonte MG, não possuo muitos costumes regionais também não possuo sotaque. Posso considerar que somos um casal bastante reservado, modéstia parte bem educados socialmente e em relação ao meio ambiente urbano. Não somos de famílias tradicionais mas nossa base de formação nos ofereceu o suficiente para sermos bem aceitos em qualquer lugar e agir com ética em situações diversas. Não damos papo para fofoca e evitamos lugares como dizemos aqui em Minas ” povão”. Mas me preocupa muito o processo de adaptação não sou preconceituosa e nem tenho complexos porém com tantos comentários os quais não posso classifica-los verdadeiros ou não, grosseiros ou não. Gostaria de ouvir opnião de pessoas que realmente possam me orientar e conheçam bem Curitiba com opiniões respeitosas e sinceras.
    Ah, estava me esquecendo de dizer nunca moramos em outro lugar. (outro Estado)

    Curtir

  121. Cara amiga anônima

    Já li muita coisa aqui sobre Curitiba. Então, vou tentar resumir o que penso e sobre o que li. Primeiramente, Curitiba é Brasil e se alguns curitibanos se sentem europeus, paciência. Em segundo lugar, existe sim preconceito de raça e de cor, mas para isso funciona a técnica usada pelos cavalos na parada de 7 de setembro: cagar e andar (desculpem o termo chulo). Por fim, não existe lugar perfeito, nem tampouco imune a riscos de adaptações e para isso o melhor remédio é VIVER a sua vida sem se importar tanto assim com as externalidades.
    Assinado “Anônimo com opinião”.

    Curtir

  122. Voce falou tudo quer conhecer cidade merda vem pra jaragua do sul sc ai sim voce vai achar curitiba o paraiso. vai querer morar ai pra sempre.

    Curtir

  123. Será possível que as pessoas ainda nao aprenderam que por conta de fatos isolados ou até pessoais nao podemos julgar toda uma comunidade? que culpa temos por exemplo se um paulista veio viver em Curitiba, até conseguiu emprego mas se drogou? fica a pergunta: será que já nao veio drogado da própria cidade? ora, desculpas esfarrapadas para o fracasso todos têm, é fácil falar mal, virou uma epidemia! Os antepassados do povo Curitibano sao em sua maioria europeus sim e trazem os costumes de lá, incluindo o idioma. Dizem ser difícil viver em Curitiba que é BRASIL, imagine esses mesmos brasileiros quando se mudam para o exterior…claro que se se dao mal, muito mal mesmo porque nao sabem se adaptar onde vivem e seguem como disseram acima: cagando e andando, assim a vida fica uma merda mesmo e depois reclamam!

    Curtir

  124. O que me deixa perplexo num texto como esse (e nas corroborações) é a superficialidade das observações.

    Nos 10 anos que vivi em Curitiba (e pretendo voltar), conheci muitos “forasteiros” que afirmam nao querer mais sair de lá. Isso porque cada um se vira o quanto pode num lugar que nao é o seu. Quem nao se adapta, faz queixas prosaicas como estas.

    Dizer que Curitiba nao tem identidade é uma piada. A hisótia é feita por quem a conta. Se o passado (muito rico) do Paraná é pouco valorizado, quem discorda da história recente, que projetou o lugar como modelo de civilidade, modernidade, qualidade de vida…. etc? Ora, os publicitários estao fazendo sua parte… como em qualquer lugar!
    Discorda? Ah cuidado… Curitiba ainda inspira melhorias em muitas cidades em todo o mundo. Possivelmente também para a sua.

    Falar do frio? Entao se o autor for pra Europa ou pro calor de Belem do Pará… vai dizer o que? Clima é clima…. Nao mudará só porque voce nao gosta. Adapte-se.

    Transito? Em que lugar voce está livre dele? Adapte-se, nao a Curitiba, mas aos tempos modernos e seus problemas.

    Quer falar sobre as pessoas? É fato que o Curitibano é mais reservado. Também é mais polido, mais culto, mais organizado… Por isso, as ruas sao mais limpas, as casas tem mais árvores, as bibliotecas são mais frequentadas…
    Mas se vê que o maior incomodo é a tal “frieza” curitibana. Sim, pode ser dificil no começo, mas voce vai pegar o jeito… Voce é o estrangeiro… as pessoas esperam que VOCE se adapte. Rompendo a barreira incial da timidez e reserva das pessoas, tenha certeza, voce fará grandes amigos. Saiba permear entre os diferentes tipos de pessoas e voce vai ver a solidariedade, o respeito, a amizade, a alegria e todos os valores que eu vi nas pessoas de lá.

    Sobre preconceitos, discriminação…, em SP, gays e nordestinos sao atacados nas ruas. No RJ o estrangeiro é o OTARIO que deve ser passado para trás… no RS, ninguém é bom o bastante a ser comparado aos orgulhosos gauchos.
    Negros discriminados? Ah certamente acontece, mas isoladamente. O curitbano nao é xenófobo, ha muito tempo que negros, orientais e mestiços se mesclaram ao povo paranaense. As queixas que se ouve sobre isso sao certamente no mesmo volume que se ouve nos outros estados do Brasil.
    Infelizmente o preconceito persiste, em todo lugar.

    Imagine agora o Curitibano que está na Bahia, se ele vai se sentir a vontade com o povo amável, mas tão sem cerimônia para urinar nas ruas à luz do dia… Ora, isso notoriamente acontece muito por lá…, mas se ele está lá é porque há algo bom que o levou ou o mantém naquele lugar. Caso contrário cai fora, voce nao se adaptou.
    O que quero dizer é que em todo lugar voce encontra do que reclamar e do que elogiar. Escrever um texto desses sobre Curitiba, além de tendencioso e superficial é uma demonstração de ignorânica.

    Quer morar em Curitiba? Faça seus testes. Se nao se adaptar, a culpa nao é do lugar. Eu moro (por motivos profissionais) no interior de Sao Paulo, e tenho mil motivos para nao gostar de estar aqui, nessa bela e próspera regiao! MAS O PROBLEMA É MEU, POIS CONHEÇO GENTE QUE AMA ESTE LUGAR!

    Um dos participantes do fórum afirmou que Curitiba não é lugar pra todos. Ele está certo. Nenhuma cidade é para todos.
    Todo lugar é democrático (eles recebem a qualquer um), mas as pesssoas é não são.

    Sejam bem-vindos quando forem pra lá e voltem sempre! (como eu em breve farei).
    Abraço a todos.

    Curtir

  125. Fabiano, que bairrismo mais infantil.
    Porque nao critica o Brasil já que o país tanto depende das negociações com a China ou com os EUA?
    E quem levou o desenvolvimento para SP? Sabia que Sao Paulo seria uma roça se nao contasse com a força dos forasteiros?

    Chega a parecer que SP é um lugar maravilhoso de se viver… Para mim, nao é.
    Mas voce está em Curitiba por algum bom motivo, nao?

    Bem, na verdade, de ler seu post fica claro que sua conversa é dificil de suportar… Em Curitiba, fatalmente voce vai ser mesmo congelado pelas pessoas.

    Cedo ou tarde, voce fará o caminho de volta pra SP. Nao seria bom deixar amigos, ou ter tido sucesso com as belas moças curitibanas?(se esse for um intento seu)
    Só tome cuidado enquanto estiver por aí para nao ficar mal reputado, como o paulista ignóbil entusiasmado com sua fantástica cidade natal.

    E só pra concluir, sou paulista, criado no RJ e morei 10 anos em CWB. Hoje moro (a trabalho) em Piracicaba e tenho motivos para nao gostar daqui. MAS ISSO É PROBLEMA MEU E NAO DO LUGAR, POIS CONHEÇO GENTE QUE AMA ESSA BELA E PRÓSPERA REGIÃO.
    Até que eu volte pra CWB, é no mínimo fino da minha parte nao execrar o lugar que me acolheu e de onde tenho tirado proveito.

    Pense nisso.

    Abraço, Helton.

    Curtir

  126. Me identifiquei com voce!
    Sou Paulista, vivi 8 anos no RJ, mas nao sei porque, me sinto curitibano.
    É verdade que pratico a cidadania involuntariamente (pois aprendi isso), sou polido, valorizo a cultura, a modernidade, a limpeza e a natureza, acho elegante ser reservado e respeitador.
    Mas isso nao conta nada. Pois nao tenho mais calor humano.
    Ah!! Esqueci de dizer… também sou cinza e me alimento de sangue humano!

    Curtir

  127. Pode vir! Será bem vinda!
    Nao superestime os comentários daqui. Voce vai adorar o lugar… e quanto ao povo ser mais reservado e polido (e nao frio), você vai pegar o jeito e ser muito feliz!
    Um abraço caloroso!

    Curtir

  128. Então, sou homem, minha opinião sobre mulheres deve contar um pouco mais que a sua, nao? na boa, rs!
    Eu que morei no RJ e em CWB, vejo que a exuberância da carioca é mais mítica que real. Nem todo mundo curte o estereótipo: ultra-bronzeada, loira (e nao loura) artificial e cara de brucutu…
    Ah, e na minha época de “curtição”, nunca encontrei dificuldades com relação à idade…
    A propósito, quantos anos voce tem?

    Curtir

  129. Porto Alegre(bonita)? Sorocaba(limpa)? Ribeirão(acolhedora)? KKKKK!! Voce é rodado hein?!
    Se essas cidades merecem todos esses predicados, voce realmente nao tem nada a fazer num lugar tão ruim quanto a capital paranaense.

    Curtir

Os comentários estão desativados.