Amor Juvenil

Fulaninho e Fulaninha ainda são adolescentes. Podemos dizer que nenhum dos dois é inexperiente, mas ficar não é a mesma coisa que namorar. E nessas diferenças, existem coisas a administrar, maneiras de conversar. Ontem, eles estavam com mais um casal amigo e discutiram. Ela ficou magoada, foi para longe chorar. Ele quis ir atrás, não queria que ela ficasse assim. O casal de amigos, observava tudo de longe e esperava o problema se resolver.

Qual teria sido o motivo da briga? Não sei, não quero saber e tenho ódio. Seja lá o que era, não justificava essa ceninha toda se passando na frente da minha casa, de madrugada, despertando a ira dos cachorros de três quadras e acordando a vizinhança inteira.

Anúncios

Um comentário sobre “Amor Juvenil

  1. Menina, dê graças a Deus então por não morar na minha rua. Aqui as pessoas agem às duas da manhã como se fosse duas da tarde, todos os dias. É um barulho infernal que não cessa.Já estou expiando minhas culpas em vida.

    Curtir

Os comentários estão desativados.