Virginia Woolf

O que tenho a dizer é muito simples. De todas as formas possíveis de se escrever em prosa, a que eu gostaria de ter é a de Virginia Woolf. Orlando me conquistou de tal forma que passei anos sem ter coragem de ler mais nada que ela escreveu. Explico: Virginia Woolf inaugurou a prosa em fluxo de consciência. Fluxo de consciência me remeteu a Clarice Lispector. Li Clarice Lispector no 2º grau e fiquei traumatizada. Então, tinha medo de me desgostar da Virginia Woolf. Achava que nada no mundo poderia igualar ao maravilhoso e sonhador Orlando.

Então, no serviço de voluntariado, li Memórias de Um Cão. Emocionante, divertido; quem já viveu com um cachorro fica fascinado. E aquela fluidez e intimidade com as letras que faz o leitor viajar da maneira como ela quer, que congela uma ação até o infinito ou nos transporta rapidamente pelos anos com a mesma facilidade. O encanto persistia.

Agora, por causa do mestrado, estou lendo Um Teto Todo Seu: uma visão rica e profunda da vida num ensaio sobre a mulher e a literatura. São conferências sobre as mulheres – por que não existe um Shakespeare mulher?, ela pergunta. Depois, analisa as condições materiais determinantes na vida das mulheres e a literatura. E faz isso com uma graça, que este tema tão feminista simplesmente derrete nos olhos. Eu adoro Virginia Woolf. Gostaria de escrever como ela.

Ele me remeteu evidentemente àquele livro, àquela frase que havia despertado o demônio: a afirmação do professor sobre a inferioridade mental, moral e física das mulheres. Meu coração tinha dado um salto. Minhas faces inflamaram-se. Eu enrusbecera de raiva. Por tolo que fosse, não havia nisso nada de especialmente notável. Não gostamos que nos digam que somos naturalmente inferiores a um homenzinho – olhei para aquele estudante do meu lado – que respira com dificuldade, usa uma gravata comprada pronta e não se barbeia há 2 semanas. A gente tem certas vaidades tolas.

Virginia Woolf/ Um teto todo seu, p. 43

Anúncios

Um comentário sobre “Virginia Woolf

Os comentários estão desativados.