Orkontro-Sampa

Nossa, como ela é baixinha!

Essa foi a primeira frase do Orkontro-Sampa. Só pela sacanagem da Flávia em me dizer isso, já dá pra notar o clima dessa viagem! O orkontro-Sampa foi marcado por caminhadas infinitas pelos lugares mais paulistanos: Vila Madalena, Praça da Sé, Centro Velho, Anhangabaú e, principalmente, metrô. Não pude ligar para a Paula. O Gegê me deu a honra da sua companhia apenas durante um almoço – o suficiente para notar o quanto ele é querido, educado e atencioso.

Para ser bem sincera, de todos os orkontros, esse foi sem dúvida o menos orkôntrico. Me explico: todos os orkontros anteriores foram marcados pelo orkut. Falamos muito dos scraps, dos amigos, das DIs, piadas internas. Com a Flávia, o orkut apareceu uma vez ou outra. A coisa mais incrível do Orkontro-Sampa foi o quanto ele não pareceu um encontro de pessoas de net. Saímos – ora só o casal Di Nardo, ora com os amigos, ora com o Luiz – e falávamos sobre a cidade, coisas engraçadas, coisas pessoais, brincavamos. De repente eu tinha de me beliscar para acreditar que aquilo teria fim, que eu não era dali. A Flávia, o Elso, a Darlene, o Carlos e a (sou horrível para lembrar nomes) fizeram com que eu me sentisse apenas uma paulista (ops!) andando por aí com os seus amigos.

Olhando para a Flávia, com aquela voz de criança, linda, sempre sorrindo e gesticulando, me perguntei de onde veio a mágica. Não, eu não acredito que tenha havido uma afinidade tão especial e inexplicável assim entre nós duas. E nem posso achar que sou eu – afinal, eu me conheço (acho). O grande segredo do Orkontro-Sampa foi sem dúvida a própria Flávia, com sua capacidade inata de ser espontânea, alegre, e fazer com que qualquer um se sinta bem na sua companhia.

Em resumo, recomendo doses constantes e regulares de Flávia para combater o stress e o mal humor!

4 comentários sobre “Orkontro-Sampa

  1. Só agora li seu blog, porque sempre que quero te encontrar recorro ao orkut. Hábito… Saiba que eu, meus amigos e meu fututo Di Nardo até agora comentamos sobre nosso orkontro (é, realmente nem foi um orkontro).Comentamos sobre você, como se fosse uma velha amiga, que vamos encontrar novamente, logo, pra uma nova caminhada por São Paulo…

    Curtir

  2. A fernanda é uma graça…Eu e a Sra. Di Nardo, não só gostamos de conhecer a fernanda pessoalmente, como tivemos o maior prazer em levá-la aos 4 cantos desta cidade… mas ao meu ver foi muito breve realmente… digo isso porque sentiamos realmente como se ela fosse uma amiga a tempos… por sua simplicidade e carisma. Quero ressaltar que ela sempre será bem vinda e sempre estaremos dispostos a ir com ela a qualquer lugar com a maior boa vontade do mundo! Abraços fortes!: : Elson Di Nardo : :

    Curtir

  3. Fernanda, estive com você tempo suficiente pra saber que quero vÊ-la muitas outras vezes! E a Flávia realmente é fantástica, bem como todos os amigos. Ah! Que lindo! Sou cercada de gente bacana como você! Esse lance de Orkontro… Hahahaha!!! Que piada, hein! 😀Um grande abraço!

    Curtir

  4. Fernandex,seus comentarios sobre nosso encontro em sampa so confirmou aquilo que eu senti desde os primeiros minutos ao seu lado,vc e maravilhosa,agora orkontro kkkkkkkkkkk,beijos deste que sera sempre seu amigo:Carlos,o guia dos guias turisticos kkkkkkk

    Curtir

Os comentários estão desativados.